text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

5 coisas que você nunca deve dizer numa entrevista de emprego

      
<p><strong>Ir bem em entrevistas de emprego</strong> é uma habilidade adquirida. Por isso, quem está começando a entrar no mercado costuma deixar algumas frases ruins escaparem. O que pode <a href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2016/11/22/1146401/transformar-desemprego-periodo-produtivo.html title=Como transformar o desemprego em um período produtivo>custar uma vaga</a>, mas não é o fim do mundo. Lembre-se que de quanto mais entrevistas você participar, melhor preparado você vai estar para a próxima.</p><p><span style=color: #333333;><strong>Leia também:</strong></span><br/><a href=https://noticias.universia.com.br/tag/notícias-sobre-carreira/ title=Carreira>» <strong>Todas as notícias sobre carreira</strong></a><br/><a href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2016/11/25/1146843/vender-ideias-desenvolver-poder-persuasao.html title=Como vender ideias e desenvolver seu poder de persuasão>» <strong>Como vender ideias e desenvolver seu poder de persuasão</strong></a></p><p>Leia a seguir 5 frases que você não deve dizer em uma entrevista de emprego.</p><p><strong>1. “Meu empregador atual é muito chato”</strong><br/> Em toda a pergunta eventualmente surge a oportunidade de você falar do seu emprego atual, mas cuidado, essa não é a hora de desabafar sobre o cargo. Mesmo que o seu chefe atual não seja a melhor das pessoas, o seu entrevistador não conhece nem ele, e nem conhece você. <strong>Falar mal do antigo empregador</strong> acaba dando a impressão de que você é uma pessoa ruim, não o seu chefe. O entrevistador pode achar que você não sabe admitir a responsabilidade pelas suas ações, ou que é um funcionário ruim.</p><p><strong>2. “Não, isso eu não faço”</strong><br/> Empresas modernas precisam de flexibilidade nos seus funcionários, então mesmo que não exista problema em discordar do seu entrevistador, um desacordo muito forte pode dar uma impressão ruim. Para aumentar as suas chances de ser selecionado, <strong>mostre certa flexibilidade</strong> mesmo se a sua resposta for não.</p><p>Caso o assunto seja algo relacionado ao cargo, e sua opinião seja de extrema discordância, como uma pergunta do tipo “Você pode fazer horas extra?” e a sua vontade seja dar um categórico “Não!”, talvez seja uma boa hora para reconsiderar se o trabalho é mesmo para você.</p><p><strong>3. “Eu não tenho fraquezas”</strong><br/> Ninguém é perfeito, só existem pessoas que não reconhecem as suas fraquezas, e essa não é uma característica que o seu entrevistador está procurando. <strong>A pergunta “Qual é o seu maior defeito?” é muito comum em entrevistas</strong>, então vale a pena ter uma resposta planejada com antecedência. <br/><br/>Analise a si mesmo com sinceridade, e pense também em formas como você está lidando com o defeito que for mencionado. Melhor que um candidato que conhece os seus problemas é um que sabe lidar com eles.</p><p><strong>4. “Quanto vocês pagam?”</strong><br/> Sim, você precisa dessa resposta, mas é uma estratégia ruim abrir a sua entrevista com “Bom dia, como vocês distribuem o dinheiro?”. Acima de tudo, sua intenção deve ser saber mais sobre o seu cargo, e aparentar <a href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2016/11/24/1146798/entrando-mercado-trabalho-empresas-buscam-recem-formados.html title=Entrando no mercado de trabalho: o que as empresas buscam nos recém-formados?>se adequar bem a empresa</a>. Numa primeira entrevista o seu entrevistador não poderia estar menos interessado sobre esse tipo de informação, por isso é melhor esperar até que exista uma possibilidade maior de que a contratação ocorra.</p><p><strong>5. “Desculpa, eu me atrasei porque...”</strong><br/> A sua primeira impressão não pode ser uma desculpa, por isso a regra é sempre a mesma: nunca chegue atrasado. Pense na sua entrevista de emprego não como um compromisso normal, mas como um vestibular. Se você não chegar na hora, vai ficar chorando do lado de fora do portão.</p><p>Saia de casa antes do sol nascer se precisar. Espere na portaria até dar a hora se chegar cedo demais. Mas <strong>nunca incomode seu entrevistador com desculpas</strong> sobre o trânsito ou a dificuldade de achar o lugar (mesmo que seja verdade!), porque invariavelmente o seu entrevistador não se importa, e você será lembrado como o candidato que chegou atrasado.</p>
Fonte: Shutterstock

Ir bem em entrevistas de emprego é uma habilidade adquirida. Por isso, quem está começando a entrar no mercado costuma deixar algumas frases ruins escaparem. O que pode custar uma vaga, mas não é o fim do mundo. Lembre-se que de quanto mais entrevistas você participar, melhor preparado você vai estar para a próxima.

Leia também:
» Todas as notícias sobre carreira
» Como vender ideias e desenvolver seu poder de persuasão

Leia a seguir 5 frases que você não deve dizer em uma entrevista de emprego.

1. “Meu empregador atual é muito chato”
Em toda a pergunta eventualmente surge a oportunidade de você falar do seu emprego atual, mas cuidado, essa não é a hora de desabafar sobre o cargo. Mesmo que o seu chefe atual não seja a melhor das pessoas, o seu entrevistador não conhece nem ele, e nem conhece você. Falar mal do antigo empregador acaba dando a impressão de que você é uma pessoa ruim, não o seu chefe. O entrevistador pode achar que você não sabe admitir a responsabilidade pelas suas ações, ou que é um funcionário ruim.

2. “Não, isso eu não faço”
Empresas modernas precisam de flexibilidade nos seus funcionários, então mesmo que não exista problema em discordar do seu entrevistador, um desacordo muito forte pode dar uma impressão ruim. Para aumentar as suas chances de ser selecionado, mostre certa flexibilidade mesmo se a sua resposta for não.

Caso o assunto seja algo relacionado ao cargo, e sua opinião seja de extrema discordância, como uma pergunta do tipo “Você pode fazer horas extra?” e a sua vontade seja dar um categórico “Não!”, talvez seja uma boa hora para reconsiderar se o trabalho é mesmo para você.

3. “Eu não tenho fraquezas”
Ninguém é perfeito, só existem pessoas que não reconhecem as suas fraquezas, e essa não é uma característica que o seu entrevistador está procurando. A pergunta “Qual é o seu maior defeito?” é muito comum em entrevistas, então vale a pena ter uma resposta planejada com antecedência.

Analise a si mesmo com sinceridade, e pense também em formas como você está lidando com o defeito que for mencionado. Melhor que um candidato que conhece os seus problemas é um que sabe lidar com eles.

4. “Quanto vocês pagam?”
Sim, você precisa dessa resposta, mas é uma estratégia ruim abrir a sua entrevista com “Bom dia, como vocês distribuem o dinheiro?”. Acima de tudo, sua intenção deve ser saber mais sobre o seu cargo, e aparentar se adequar bem a empresa. Numa primeira entrevista o seu entrevistador não poderia estar menos interessado sobre esse tipo de informação, por isso é melhor esperar até que exista uma possibilidade maior de que a contratação ocorra.

5. “Desculpa, eu me atrasei porque...”
A sua primeira impressão não pode ser uma desculpa, por isso a regra é sempre a mesma: nunca chegue atrasado. Pense na sua entrevista de emprego não como um compromisso normal, mas como um vestibular. Se você não chegar na hora, vai ficar chorando do lado de fora do portão.

Saia de casa antes do sol nascer se precisar. Espere na portaria até dar a hora se chegar cedo demais. Mas nunca incomode seu entrevistador com desculpas sobre o trânsito ou a dificuldade de achar o lugar (mesmo que seja verdade!), porque invariavelmente o seu entrevistador não se importa, e você será lembrado como o candidato que chegou atrasado.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.