text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Houve vazamento do Enem 2016, conclui Polícia Federal

      
Gabarito da prova rosa vazou
Gabarito da prova rosa vazou  |  Fonte: Universia Brasil

Após receber um relatório da Polícia Federal, o Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria da República no Ceará, concluiu que houve vazamento nas provas do Enem 2016, entre eles, o tema da redação. De acordo com o MPF-CE, o vazamento ocorreu pouco antes do início da prova e permitiu o acesso de ao menos dois candidatos ao material.

Leia também:
» Enem 2016: liminar que pedia cancelamento da redação foi negada
» Usuários reclamam de vazamento da redação do Enem 2016 nas redes sociais

O MPF afirma que trechos do relatório mostram que os candidatos receberam imagens das provas, além de terem tido acesso aos gabaritos. Também houve acesso à chamada “frase-código” da prova rosa – frase que identifica a correção de acordo com as cores dos cadernos – o que permitiu que fosse possível preencher o cartão de respostas de provas diferentes da rosa de acordo com o gabarito liberado.

O MPF-CE, por meio do procurador da República Oscar Filho, já havia, em novembro, pedido o cancelamento do exame. Ainda não se sabe, porém, se a prova realmente será cancelada. Existe ainda a possibilidade de a nota da redação ser desconsiderada.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.