text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Administrar a sua energia pode ser mais eficaz do que gerir o seu tempo

      
Saiba respeitar o seu corpo e a sua capacidade. Exigir muito de si mesmo não ajuda
Saiba respeitar o seu corpo e a sua capacidade. Exigir muito de si mesmo não ajuda  |  Fonte: Shutterstcok

Às vezes parece que 24 horas não são o bastante para fazer tudo o que desejamos – e precisamos. São muitas as técnicas elaboradas para manejarmos melhor o tempo que temos, mas, e se em vez de administrar o tempo, nós organizássemos a nossa energia e como a utilizamos para cada atividade?

Leia também:
» Aprenda pequenos exercícios para aumentar a energia e manter o foco no trabalho
» 5 maneiras não óbvias de ter mais energia no dia a dia

A verdade é que, por mais tarefas que acumulemos, não vamos conseguir aumentar o número de horas, logo, nem sempre elencar o que é feito a partir do número de horas que dispomos será a melhor opção. Por outro lado, ao contrário do relógio, é possível dosar a energia investida em cada ação.

Antes de tudo, crie uma ordem de o que requer mais e menos energia, faça uma lista mesmo. A ideia é ir do maior para o menor, assim, você utilizará os momentos em que tiver mais descansado para tarefas mais exigentes e inserir as mais leves em momentos em que você tiver um pouco mais exausto. A palavra de ordem é dosar.

Uma das propostas é organizar o seu dia em “áreas”. Delimite o que você precisa fazer, quanto aquilo exige de você e o nível de estresse que pode causar. A partir disso, construa seu “itinerário”, sempre tendo em mente que é preciso um período de descanso – pode ser desde um cochilo até uma atividade de lazer, passando por um almoço – para se recompor e recomeçar.

É importante analisar em qual período do dia você é mais produtivo. Se é a noite, então, esse é o momento de fazer coisas que demandam mais atenção e dedicação – opte por deixar trabalhos, projetos e afins para esse período. Claro que nem sempre é possível equilibrar trabalho e pico de energia, mas você pode utilizá-lo também para atividades que não tem relação com o emprego.

Respeite o seu corpo e sua capacidade. Não adianta querer começar aquele relatório extremamente complicado se não é logo no início do dia que você está mais atento e motivado. Tente também se planejar e organizar o seu dia. Fazer as coisas de acordo com um “guia” ajuda distribuir melhor a energia.

Permita-se ter boas noite de sono e tente não misturar áreas de sua vida. Se você está em casa, então, esteja em casa. Deixe o trabalho e o estresse do lado de fora e foque apenas no que você gosta. Não importa se é ver um programa na TV ou ir à academia, o objetivo é permitir que, enquanto se recupera, o seu corpo utilize o tempo e a energia para algo que te faz bem.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.