text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como as suas expectativas afetam o desempenho escolar do seu filho

      
<p>Muitas vezes os pais se esquecem, mas <strong><a href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2014/04/25/1095383/professor-veja-engajar-pais-alunos.html title=Professor: veja como engajar os pais de seus alunos>eles são cruciais no rendimento das crianças na escola.</a></strong> Nós explicamos como as suas expectativas afetam o desempenho escolar do seu filho e comentamos como é possível usá-las a seu favor, confira:</p><p>Em geral, quando se fala de <strong><a href=Ouvir os pais é importante na hora de escolher a profissão a seguir title=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2014/10/20/1113511/ouvir-pais-importante-hora-escolher-profisso-seguir.html>expectativas dos pais sobre os filhos</a></strong> é natural pensarmos em algo negativo, como o excesso de cobrança ou um nível muito alto de exigência que acaba por abalar a autoestima das crianças. Porém, o foco aqui são as expectativas positivas, quando você mostra que está lá para apoiar, se orgulha das conquistas e faz parte do processo.</p><p>O primeiro passo é posicionar-se de maneira atuante, lembrando ao seu filho que um bom desempenho não é um presente ou uma meta sua ou dos professores, mas dele mesmo. Trata-se da construção da sua história como indivíduo, na qual o mais beneficiado ou prejudicado será ele mesmo. <strong>Traga-o para a posição de protagonista.</strong></p><p>Ser firme quando a criança ou adolescente comete uma falha é fundamental, porém, tão necessário quanto os “puxões de orelha” são as congratulações. Quando seu filho alcançar um bom resultado-, parabenize-o. <strong>Mostre que você reconhece o esforço e que se importa.</strong> O mesmo vale para as broncas. Chame a atenção, mas converse sobre o quão importante é persistir e como erros acontecem.</p><p>Ajude sempre que possível, mas não traga as tarefas para você. <strong>Lições de casa e trabalhos são para serem feitos pelo aluno, não pelos pais.</strong> Auxiliar quando tiver alguma dificuldade é diferente de fazer tudo. Deixe com que ele construa a própria trajetória, sempre acompanhando e incentivando, mas nunca tomando a responsabilidade integralmente para si.</p><blockquote style=text-align: center;>Confira outras <strong><a href=https://noticias.universia.com.br/educacao title=notícias sobre educação>notícias sobre educação</a></strong> e fique por dentro do universo educativo.</blockquote>

Muitas vezes os pais se esquecem, mas eles são cruciais no rendimento das crianças na escola. Nós explicamos como as suas expectativas afetam o desempenho escolar do seu filho e comentamos como é possível usá-las a seu favor, confira:

Em geral, quando se fala de expectativas dos pais sobre os filhos é natural pensarmos em algo negativo, como o excesso de cobrança ou um nível muito alto de exigência que acaba por abalar a autoestima das crianças. Porém, o foco aqui são as expectativas positivas, quando você mostra que está lá para apoiar, se orgulha das conquistas e faz parte do processo.

O primeiro passo é posicionar-se de maneira atuante, lembrando ao seu filho que um bom desempenho não é um presente ou uma meta sua ou dos professores, mas dele mesmo. Trata-se da construção da sua história como indivíduo, na qual o mais beneficiado ou prejudicado será ele mesmo. Traga-o para a posição de protagonista.

Ser firme quando a criança ou adolescente comete uma falha é fundamental, porém, tão necessário quanto os “puxões de orelha” são as congratulações. Quando seu filho alcançar um bom resultado-, parabenize-o. Mostre que você reconhece o esforço e que se importa. O mesmo vale para as broncas. Chame a atenção, mas converse sobre o quão importante é persistir e como erros acontecem.

Ajude sempre que possível, mas não traga as tarefas para você. Lições de casa e trabalhos são para serem feitos pelo aluno, não pelos pais. Auxiliar quando tiver alguma dificuldade é diferente de fazer tudo. Deixe com que ele construa a própria trajetória, sempre acompanhando e incentivando, mas nunca tomando a responsabilidade integralmente para si.

Confira outras notícias sobre educação e fique por dentro do universo educativo.

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.