text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Os perigos de ser muito bom no seu trabalho

      
Os perigos de ser muito bom no seu trabalho
Os perigos de ser muito bom no seu trabalho  |  Fonte: Shutterstock

Trabalhar da melhor maneira possível é tudo que uma empresa quer de seus funcionários, certo? Mas você sabia que existem perigos em ser muito no seu trabalho Pode soar estranho, mas o excesso de aptidão também pode ter impactos negativos, saiba como!

O primeiro problema é que, quando se é muito bom, as pessoas esperam altas performances e resultados sempre. Inclusive, você mesmo pode elevar as expectativas em relação ao seu trabalho por isso. A questão é que, por melhor que se seja, nem sempre tudo sai como o planejado e a frustração pode ser tão grande quanto a expectativa.

A questão, no entanto, vai além. De acordo com estudos feitos por pesquisadores da Escola de Negócios de Fuqua, da Universidade Duke, nos Estados Unidos, a pressão e a exigência colocada em cima de pessoas com bom desempenho é significativamente maior. As consequências são tanto físicas quanto emocionais: funcionários mais cansados, estressados e até mesmo infelizes quando, na verdade, a ideia é ser justamente o oposto.

A solução está, mais uma vez, no equilíbrio. Mas não apenas no de quem rende muito e sim da gestão. Ter alguém muito bom na equipe não é sinônimo de deixar tudo a cargo de uma única pessoa. O ideal é utilizá-la como exemplo de forma que os outros também deem o seu melhor, mas sem sobrecarregar ninguém.

Veja mais sobre emprego, carreira e dicas sobre o tema.

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.