text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que estudar Engenharia de Materiais

      
Por que estudar Engenharia de Materiais
Por que estudar Engenharia de Materiais  |  Fonte: Universia Brasil

Fique por dentro da sua futura carreira

Visite aqui o Universia Profissões

A Engenharia é um campo abrangente e com ampla presença em nosso cotidiano. Entre as características mais comuns que profissionais apresentam estão: facilidade para lidar com os números, raciocínio lógico bem desenvolvido e a afinidade com máquinas e equipamentos, bem como com ferramentas tecnológicas. Ter conhecimentos sobre o universo empreendedor também é interessante para quem deseja crescer no ramo.

Se você se identifica com a área, mas ainda não sabe qual engenharia seguir, é importante pesquisar as disciplinas de cada curso e a atuação do profissional no mercado de trabalho.

A seguir, veja por que estudar Engenharia de Materiais:

O MERCADO DE TRABALHO

O profissional que opta pela área de Engenharia de Materiais atua na gestão e supervisão de projetos de produção e transformação de materiais, como resinas, ligas metálicas e plásticos. Ele também estuda quais as melhores combinações para a criação de novos produtos. Ele pode criar materiais cerâmicos, atuar no desenvolvimento de ligas metálicas e trabalhar com polímeros, por exemplo. Além disso, sempre analisa questões densas por trás dos produtos para que as escolhas de produção tragam resultados positivos.

O mercado de trabalho para esse tipo de engenheiro é muito amplo dentro de indústrias petroquímicas e siderúrgicas. A construção civil também é um espaço promissor, sendo esse engenheiro fundamental para entender a mistura dos materiais nas construções. Caso a pessoas não queira seguir a carreira dentro da engenharia exatamente, também são fortemente contratados dentro do setor financeiro.

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS

O curso de graduação média de 5 anos e pode aparecer com o nome de Ciência dos Materiais. O início é básico para todos os estudantes, mas em determinado ponto o estudante precisa escolher qual área deseja seguir dentro da profissão. Há disciplinas básicas como específicas, bem como aulas teóricas e práticas.

Durante o curso, os estudantes têm uma carga intensa de aulas em laboratórios, para que possam aplicar os conceitos aprendidos em sala de aula. Além disso, o estágio é obrigatório, impedindo que o aluno se forme antes de ter tido essa experiência profissional.

Também há a possibilidade de atuar na área de pesquisa. Os estudantes podem optar por uma carreira voltada ao universo acadêmico, na qual a premissa básica seja o estudo contínuo, buscando encontrar novos materiais até mesmo a realização de grandes descobertas promissoras para a área por meio de testes e teorias inovadoras.

Conheça a série Por que Estudar sobre as principais profissões


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.