text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que estudar Engenharia Naval

      
Por que estudar Engenharia Naval
Por que estudar Engenharia Naval  |  Fonte: Universia Brasil

Fique por dentro da sua futura carreira

Visite aqui o Universia Profissões

Pensando em cursar Engenharia, mas ainda não sabe em qual das áreas se encaixa melhor? Antes de escolher uma das segmentações do curso, é preciso que o estudante pesquise sobre as disciplinas, converse com universitários e profissionais formados que já estejam atuando no mercado de trabalho.

Para ajudar nessa tarefa, confira a seguir as informações mais importantes sobre Engenharia Naval:


Graduação em Engenharia Naval

O curso de graduação para se tornar engenheiro naval tem duração média de 5 anos. Ao longo desse período, o estudante terá aulas de hidrodinâmica, máquinas marítimas e projetos de veleiros. No entanto, é fundamental que essas disciplinas serão ministradas posteriormente às básicas, porque é importante que o estudante já tenha um bom domínio delas para entender as específicas.

A prática é algo muito valorizado durante a graduação. O aluno tende a ter cada vez um número maior de aulas práticas, para que chegue ao mercado melhor preparado. Dentro dos laboratórios, os estudantes podem criar maquetes e modelos estruturais, além de diversos tipos de embarcações, para estarem um pouco mais próximos da realidade diária do trabalho.


Mercado de trabalho em Engenharia Naval

O mercado de trabalho para o engenheiro naval concentra mais oportunidades nos estaleiros, na administração das hidrovias e nas empresas do setor de navegação. Além disso, há oportunidades na área de pesquisa, sendo que os profissionais se tornam responsáveis por buscar criar inovações dentro do mercado naval. O objetivo central é sempre encontrar estratégias que melhorem o desempenho das embarcações.

Quem opta pela área de Engenharia Naval trabalha na projeção, construção e manutenção de barcos, lanchas, navios e qualquer outro tipo de embarcação. O profissional também pode supervisionar técnicos durante o processo de construção, checar as matérias-primas, além de atuar no controle do transporte marítimo, assim como no fluvial.

A maior vantagem para os profissionais que se formam em Engenharia Naval é que o mercado não tem muitos profissionais na área. Assim, mesmo recém-formados, muitos deles são facilmente absorvidos no mercado, já que são profissionais em escassez dentro de um mercado cada vez mais promissor. No entanto, é importante manter o comprometimento e o estudo constante para manter a vaga que conseguiu.

Conheça a série Por que Estudar sobre as principais profissões

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.