text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que cursar Engenharia de Biossistemas

      
Por que cursar Engenharia de Biossistemas
Por que cursar Engenharia de Biossistemas  |  Fonte: Universia Brasil

Com um amplo mercado de atuação, a Engenharia é uma boa opção de curso para quem deseja ter diferentes possibilidades profissionais. Se você é apaixonado por números e adora pensar em soluções diferentes para os problemas do dia a dia, talvez essa seja a carreira perfeita para você.

Dentro da Engenharia existem diferentes caminhos que o estudante pode seguir. Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica entre muitas outras. Para decidir qual delas combina mais com você e suas habilidades, é preciso conhecer o dia a dia das profissões e conversar com estudantes universitários, para saber o que estão achando do curso.

Para ajudar nessa tarefa, veja a seguir as informações mais importantes para que está pensando em cursar Engenharia de Biossistemas:

MERCADO DE TRABALHO

Quem trabalha na área de Engenharia de Biossistemas torna-se responsável pela garantia de produtividade do agronegócio aplicando as melhores tecnologias nas atividades agropecuárias que consigam trazer o lucro para a empresa. Esse engenheiro atua no desenvolvimento de equipamentos que aumentam a eficiência da produção de alimentos, energia e diversos materiais. Ele ainda pode atuar na produção de biocombustíveis, cada vez mais requisitados pelo mercado.

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS

Para conseguir o diploma de engenheiro de biossistemas, o estudante enfrentará um curso de graduação de 5 anos, em média. Durante o período letivo, ele terá disciplinas específicas da engenharia que escolheu, como outras ministradas para engenheiros de qualquer especialização. A Química e a Biologia são duas matérias com grande peso dentro desse curso.

Além dessas, o estudante terá aulas de Circuitos Elétricos, Automação, Bioquímica Aplicada à Engenharia etc. Em algumas instituições de ensino superior, também é possível que o aluno escolha qual a ênfase que deseja dar a sua formação e assim escolher cursar algumas disciplinas dentro da área escolhida.

Existem muitas aulas práticas espalhadas pela grade curricular, para que o estudante tenha o maior contato com a área possível antes de se formar. Somente com o aprendizado prático que o estudante consegue identificar quais áreas precisa melhorar e, consequentemente, terem a melhor formação possível, que faça com que se destaquem no mercado. Por isso também que o estágio é obrigatório durante a graduação de Engenharia de Biossistemas.

Esse profissional pode atuar em diversos locais, já que o mercado dá muitas possibilidades de atuação. As mais comuns para os profissionais formados são de tecnologia, controle e automação, gestão e infraestrutura.

Conheça a série sobre profissões e fique por dentro da sua futura carreira

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.