text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

8 coisas que você não deve fazer em entrevistas de emprego

      
4 coisas que você não deve fazer em entrevistas de emprego
4 coisas que você não deve fazer em entrevistas de emprego  |  Fonte: Shutterstock

Estar bem preparado e ter a quantidade correta de informação pode ser a diferença entre conseguir o cargo desejado ou ter de voltar a mandar o seu currículo para todos os lados, torcendo para alguém aceitá-lo. Na lista a seguir, elencamos 8 coisas que você não deve fazer numa entrevista de emprego:

1. Dominar a entrevista ou sumir dela

A ansiedade transforma as pessoas e pode levá-lo para um dos dois extremos: ou você se torna alguém exageradamente comunicativo ou não consegue abrir a boca. Nenhum desses comportamentos é ideal em uma entrevista.

O grande risco é transmitir impressões negativas a seu respeito. Caso fale muito, seu avaliador poderá entender que você não é uma pessoa disposta a ouvir o que os outros têm a dizer; busca o tempo todo se impor. Esse não é o perfil ideal para alguém que trabalhará em equipe. Do mesmo modo, quem não consegue se comunicar pode ser visto como alguém que não quer ou é tímido demais para contribuir com suas opiniões.

Portanto, cuide do seu emocional antes de entrar na sala com o seu entrevistador. Busque saber com antecedência se você corre o risco de se tornar o falastrão ou o caladão. Dessa forma, você será capaz de se policiar quando estiver falando demais, ou de menos. Assim, ficará mais fácil encontrar o equilíbrio.

2. Não cuidar da aparência

Quando nos referimos à vestimenta e aparência, é preciso levar em consideração que diferentes empresas possuem diferentes códigos de vestimenta. Algumas são muito casuais quanto à forma de se vestir. Já outras são mais rígidas e podem exigir vestimenta social para o dia a dia. É seu papel pesquisar o perfil da empresa em questão e entender qual o tipo de roupas que costuma ser utilizado pelos funcionários de lá.

Seja qual for a situação, lembre-se: é melhor pecar por excesso que por falta. Falamos aqui da primeira impressão que você passará, antes mesmo de falar com o entrevistador. Portanto, não vá casual demais, mesmo que acredite que aquela seja a forma de se vestir em determinada empresa.

Sendo assim, é muito importante se preocupar com aspectos básicos, como higiene pessoal, e usar roupas que não estejam amassadas; o mínimo para estar apresentável.

3. Falar mal de todo mundo (menos de você)

Mesmo se você trabalhava no inferno e o seu chefe era a pior pessoa do mundo, essa não é a hora certa de compartilhar isso. Embora você entenda seu contexto e tudo pelo que passou nas suas últimas experiências de trabalho, o entrevistador provavelmente o estará conhecendo pela primeira vez. Se você ficar apenas reclamando, ele o associará a uma pessoa que só faz isso.

Dessa forma, falar mal do seu cargo anterior (mesmo que sejam só verdades) comunicará negativamente sobre você. Ninguém quer contratar alguém que reclama demais ou que é indiscreto. Por isso, se perguntarem porque você está mudando de empresa, atenha-se ao básico e reconheça também o que você pode ter feito de errado.

4. Não ser sincero

Numa era de grande disponibilidade de informação, distorcer ou enfeitar a verdade pode custar o cargo. Fale a verdade como ela é. Não tente parecer algo que você não é. Manter a sua confiabilidade é essencial não apenas para conseguir o cargo, como também para avançar na sua carreira.

Mesmo que em algum momento seja feita alguma pergunta a qual você não sabe a resposta, mentir não será uma boa solução. É preferível que você deixe claro que não sabe, mas pode expor uma linha de raciocínio que o leva a pensar certa coisa, por exemplo. Existem certos tipos de entrevistadores que estão mais preocupados com o modo como você se porta diante de pressão e da incerteza — e com o modo como você raciocina — do que com a resposta ser correta.

5. Não se preparar devidamente

É fundamental pesquisar informações sobre a empresa antes de chegar em entrevistas de emprego. Busque entender a história da companhia em questão, quais são seus principais concorrentes e como ela se diferencia. Conheça seus produtos e qual o seu posicionamento no mercado.

Isso o ajudará muito a se destacar dos outros candidatos, quando lhe for perguntado por que você quer trabalhar naquela empresa, por exemplo. Tem muito mais valor um candidato que dedicou tempo a se preparar e entender o local onde quer trabalhar, do que alguém que simplesmente responde de forma genérica.

6. Usar um nível baixo de vocabulário

Como já dissemos, a entrevista provavelmente será a primeira vez que o entrevistador o conhecerá. Assim, utilizar muitas gírias e um vocabulário pobre não vai favorecê-lo. Muitas vezes, utilizamos gírias como "cara", "meu" e "mano" em conversas casuais entre amigos. Mas a entrevista é a hora de você evitar totalmente isso. Outros exemplos comuns seriam falar muitas vezes "é", "hm" e "tipo".

Uma dica é ensaiar com algum amigo ou parente algumas perguntas prováveis que serão feitas. Preste atenção durante as suas respostas, assim poderá se policiar melhor. Esses termos ficam automatizados em nosso vocabulário. Portanto, preparando-se previamente, você terá uma melhor chance de evitá-los.

7. Atrasar-se

Aqui não há muito segredo. Pontualidade diz muito sobre você e sobre o quanto de interesse tem para vaga a que concorre. Caso tenha chegado atrasado, não existem desculpas válidas. Simplesmente, não chegue atrasado! Prepare-se para chegar com antecedência e evite que imprevistos como chuva, trânsito ou qualquer outra coisa possa atrapalhar.

8. Pressionar quem o entrevistou

Há candidatos que se arrependem de alguma resposta, ficam inseguros em relação a algo que falaram ou simplesmente querem uma resposta rápida acerca da entrevista. Demonstrar ansiedade de forma muito forte não funcionará a seu favor, pelo contrário, será interpretado pelo entrevistador como uma prévia do seu futuro comportamento caso seja escolhido. Portanto, tente segurar seus impulsos nesse momento.

Com isso, encerramos nossas 8 dicas sobre o que não se deve fazer em entrevistas de emprego. É comum se sentir nervoso. Contudo, evitando os comportamentos que apontamos no texto, você terá maiores chances de obter sucesso! Depois de tantas dicas úteis, aproveite e nos dê um like no Facebook, para receber outras notícias tão boas quanto!


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.