text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que estudar Sociologia

      
Por que estudar sociologia
Por que estudar sociologia  |  Fonte: Universia Brasil

Com o fim do Ensino Médio chega a hora de decidir em qual área se formar. Se você se interessa por humanidades e na escola teve facilidade em matérias como Filosofia, Geografia e História, talvez estudar Sociologia seja uma bom caminho para você. As oportunidades de emprego no mercado são voltadas para a área acadêmica, mas também se expandem para carreiras envolvendo atuação social.

A seguir, entenda mais sobre a área e as características do curso de sociologia, para descobrir se esse é mesmo o caminho certo para você:

Trabalhando com Sociologia

Quem escolhe a área de Sociologia tem como principal meta estudar e analisar o funcionamento da sociedade contemporânea, estabelecendo relações com as principais transformações sociais que ocorreram ao longo da história de uma determinada comunidade. O sociólogo estuda a organização de uma determinada sociedade, observando os principais costumes, relações e conflitos ocorridos entre os diferentes grupos que a compõem.

A área que costuma dar mais oportunidades aos sociólogos é a de ensino, pois o profissional pode atuar em diversas escolas e universidades. Ao entrar para o universo da licenciatura, os profissionais podem lecionar em diferentes cursos universitários, por exemplo, porque Sociologia tende a ser uma matéria básica na grade curricular de muitos deles, como Jornalismo, Psicologia, Direito, Economia, etc.

Além disso, o sociólogo também pode atuar em instituições privadas e do terceiro setor, participando de consultorias, planejamento e execução de pesquisas. Outra vertente, principalmente para atuação no poder público, é na elaboração e aplicação de políticas públicas.

Outro perfil de profissional é aquele que se volta para a Academia, buscando sempre entender a sociedade em que vive por meio da realização de pesquisas teóricas e estudos de campo. A pesquisa, de fato, é parte fundamental da atuação profissional nas Universidades.

O curso de Sociologia

A grade curricular da graduação em Sociologia conta com uma interdisciplinaridade muito grande, especialmente com áreas como Antropologia, Ciência Política, História, Geografia, Filosofia, entre outras.

Apesar de percorrer um caminho bastante teórico, o universitário também vai realizar aulas práticas, estudos e pesquisas de campo. Além disso, o aluno terá muito contato com as ideias de grandes sociólogos — Max Weber, Émile Durkheim, Karl Marx, etc — considerados os fundadores dos estudos sociológicos. A duração média do curso é de 4 anos.

Para entender um pouco mais do dia a dia do curso de sociologia, veja algumas disciplinas do currículo:

Metodologias e técnicas de pesquisa

Como boa parte do curso e da atuação do profissional formado em Sociologia envolve o planejamento, execução e avaliação de pesquisas, existem matérias no curso que preparam o aluno para tais atividades. Nessas disciplinas o estudante vai conhecer os métodos científicos e vai aprender a utilizá-los e/ou recriá-los de acordo com as necessidades e contextos das pesquisas que desenvolve na universidade e em sua carreira profissional.

Estatística aplicada

Para uma elaboração e leitura de pesquisa que, de fato, revele algo sobre os contextos investigados, é importante saber lidar com números, métricas e cálculos específicos. Tal disciplina prepara o aluno para lidar com pesquisas quantitativas em que os números e valores são decisivos para avaliar uma determinada realidade social.

Teoria da Democracia

Um sociólogo deve ser bem informado sobre as questões políticas que envolvem as sociedades. Existem disciplinas que focam em diferentes aspectos da política e de suas configurações, como Teoria da Democracia ou outras disciplinas específicas, como Pensamento Político Brasileiro e Pensamento Político Contemporâneo. Essas matérias são fundamentais para que o sociólogo consiga estabelecer as relações entre os acontecimentos e as estruturas globais e locais. Além disso, elas ajudam em futuras atuações profissionais nos setores políticos.

Teoria Sociológica

Ao estudar Sociologia, o aluno vai se deparar com disciplinas voltadas para conhecer e compreender as teorias que já foram elaboradas ao longo do tempo. É comum encontrar disciplinas como Teoria Sociológica I, II e III, em que são estudados autores e pesquisadores que foram consolidando o campo através dos anos.

Filosofia e Epistemologia

O curso de Sociologia tem um caráter meta-científico. O que isso quer dizer? Que existe uma grande preocupação em refletir sobre os próprios processos científicos que são utilizados e construídos no campo. Nesse sentido, as disciplinas de filosofia e epistemologia do conhecimento preparam o aluno para compreender como as teorias, métodos e verdades científicas são constituídos de acordo com o contexto social e, portanto, são passíveis de atualizações e mudanças.

Sociologia do Trabalho

Os cursos contam com disciplinas direcionadas para aspectos específicos do cotidiano, que podem ser pensados com lentes sociológicas. A Sociologia do Trabalho permite que os alunos reflitam sobre as dinâmicas de empregos, corporações e relações trabalhistas. Assim como essa disciplina, existem também a Sociologia Urbana, Sociologia da Religião, Sociologia das Relações de Gênero, etc.

Teoria Antropológica 

O diálogo estreito entre as disciplinas de Antropologia e Sociologia aparece também na grade curricular. Os futuros sociólogos conhecem, durante o curso, os principais autores, teorias e debates da área antropológica. O objetivo é compreender o desenvolvimento e consolidação desse campo de saber. O diálogo cada vez mais estreito entre essas duas áreas tem ajudado na interpretação mais apurada sobre os fenômenos sociais relacionados à ambas as áreas.

O Trabalho de Conclusão de Curso

A maioria dos cursos exigem a elaboração de um trabalho de conclusão de curso (TCC) no qual o aluno realiza uma pesquisa própria com a orientação de um professor. Esse é o momento de avaliação dos saberes acumulados e desenvolvimento de maior autonomia.

Cabe lembrar que, por ser um campo abrangente, existem diferente áreas para o aluno focar. Há estudos voltados para temáticas diversas, como:

  • família;

  • criminalidade;

  • demografia;

  • desigualdades sociais;

  • saúde e doença;

  • educação;

  • meio ambiente;

  • raça e etnia;

  • internet, etc.  

É interessante destacar que, ao estudar Sociologia, os estudantes costumam estar mais preparados para participarem de debates, já que vivenciaram muito disso durante o curso. Também ampliam consideravelmente os hábitos de leitura, fazendo com que estejam preparados para entender textos de alta complexidade.

Se você se interessou em estudar Sociologia e que saber mais sobre esse campo, leia o nosso post sobre as áreas da Sociologia.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.