text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que existe: a Páscoa

      
Por que existe: a Páscoa
Por que existe: a Páscoa  |  Fonte: Universia Brasil

A Páscoa não é só ovos de chocolate. Data sagrada em mais de uma religião, ela também pode ser conhecida como Domingo da Ressurreição. Você com certeza já ouviu falar dessa festividade, mas sabe por que ela existe ou qual a sua origem? Nós contamos:

Quer mais datas comemorativas? Conheça a série Por que existe

POR QUE ESSA DATA?

Na crença Católica, a Páscoa celebra a ressurreição de Jesus, que acontece três dias após sua crucificação. Ela é a principal celebração cristã, sendo mais importante até mesmo do que o Natal. No entanto, ela não se originou no catolicismo. O termo se origina do latim Pascha, do grego Paskha e do hebraico Pesah ou Pesach, que é a Páscoa Judaica.

Por ser uma festa móvel, ela não possui um dia exclusivo e não está fixa no calendário que conhecemos. Porém, ela é sempre celebrada no primeiro domingo após a primeira lua cheia após o equinócio - o momento exato em que se inicia uma estação - do Outono no hemisfério Sul (ou da Primavera, no norte).

A Páscoa judaica tem muita ligação com a cristã, principalmente em sua simbologia. No entanto, enquanto a cristã está voltada à ressurreição de Cristo, a judaica celebra a libertação dos hebreus da escravidão do Egito. Apesar de ser uma festa religiosa, ela é muito celebrada por pessoas que não seguem as crenças e alguns de seus símbolos, como os ovos, se tornaram universais.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.