text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que existe: o Dia das Mães

      
Por que existe: o Dia das Mães
Por que existe: o Dia das Mães  |  Fonte: Universia Brasil

SEJA UM USUÁRIO UNIVERSIA E PARTICIPE DE UM CLUBE DE VANTAGENS EXCLUSIVO!

Crie seu cadastro grátis

Se maio tem uma data de destaque, essa data é o Dia das Mães. Celebrado mundialmente, ele acontece sempre no segundo domingo do mês. Mas você sabe por que ele existe e o motivo da comemoração ser em maio? Confira a seguir:

POR QUE ESSA DATA?

A primeira celebração do Dia das Mães tem origem mitológica: a Mãe dos Deuses, Rhea, era festejada na Grécia Antiga durante o início da primavera. Porém, o mês em questão era março, não maio. O tempo passou e a festividade começou a ganhar outros contornos nos Estados Unidos, após a ativista Ann Maria Reeves Jarvis fundar, em 1858, os Mothers Days Work Clubs com o intuito de diminuir a mortalidade de crianças de famílias de trabalhadores.

Quer mais datas comemorativas? Conheça a série Por que existe

A responsável, no entanto, de transformar a data no que é – e idealizá-la da maneira que a conhecemos hoje – foi a filha de Reeves, Anna Jarvis. Em 12 de maio de 1907, dois anos após a morte de Ann Maria, ela criou um memorial em homenagem à mãe e iniciou uma campanha para que a data fosse um feriado. Em 8 de maio de 1914, a resolução foi aprovada no Congresso e foi determinado que todo segundo domingo de maio fosse dedicado às mães. A primeira celebração oficial da data ocorreu em 9 de maio de 1914.

Com o tempo, o feriado se popularizou e foi ganhando outros países e foi se tornando um movimento comercial. A própria Anna Jarvis chegou a lutar pela abolição do mesmo após ver que a data estava sendo mais difundida pelos fins comerciais do que pelos reais motivos, mas não teve sucesso. Atualmente, no Brasil e nos EUA a data é a segunda melhor para o comércio, perdendo apenas para o Natal.

No Brasil, o feriado foi oficializado pelo então presidente Getúlio Vargas, em 1932, após o pedido feito pela Federação Brasileira pelo Progresso Feminino. O objetivo era valorizar a importância da mulher na sociedade. Em 1947, a data passou a fazer parte do calendário oficial da Igreja Católica.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.