text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Universia Brasil debate a educação internacional em evento em SP

      
Universia Brasil debate a educação internacional em evento em SP
Universia Brasil debate a educação internacional em evento em SP  |  Fonte: Universia Brasil

BOLSAS DE ESTUDOS DE ATÉ 83% PARA GRADUAÇÃO E PÓS!

GARANTA JÁ A SUA!

A Universia Brasil esteve presente nesta terça-feira (23) no III Fórum Brasil de Educação Internacional, que debateu os ganhos educacionais e profissionais resultantes de experiências de intercâmbio. O evento, que é realizado pela Brazilian Education & Language Travel Association - BELTA, ainda abordou as tendências e impactos da internacionalização da educação.

Primeiro palestrante do dia, o diretor geral da Universia Brasil, Anderson Pereira, comentou sobre os desafios da área e a viabilidade que se tem para estudar no exterior atualmente. “A gente entende que há uma série de desafios que precisam ser superados e, principalmente, em uma questão de mobilidade internacional, como a gente entende as necessidades do aluno no futuro, como é que ele vai de fato entender isso como parte de sua formação e como a gente prepara. Quais são as estruturas, os caminhos que devemos seguir aqui para criar uma plataforma robusta de internacionalização do Brasil? ”.

Confira as oportunidades de bolsa abertas

Durante o encontro, ele ainda aproveitou para apresentar alguns programas realizados pelo Santander Universidades que possibilitam a internacionalização como as bolsas TOP España, que dão 100 bolsas para curso de idioma e cultura espanhola na Universidade de Salamanca, e as bolsas ibero-americanas, que estão com inscrições abertas para 750 bolsas de intercâmbio entre universidades presentes em dez países.

Anderson ainda ressaltou a importância que as instituições e a sociedade como um todo tem para promover a internacionalização. “Somos protagonistas, não só espectadores dessa construção. De como que a gente vai entender, interagir, protagonizar o futuro da educação não só no Brasil, mas no mundo”, ressaltou.

O evento ainda debateu as mudanças que ocorrem na vida de um intercambista, seja antes, durante ou depois do processo e a valorização no mercado de trabalho de quem faz um intercâmbio. Dentre as mesas, foram debatidas questões como a necessidade de se preparar emocionalmente antes de iniciar o processo e também de se abrir verdadeiramente para a experiência e quais impactos isso tem na ida.

O Fórum de Educação Internacional reuniu também representantes dos governos australiano, britânico, canadense, espanhol, estadunidense, francês, irlandês e neozelandês para conversar sobre de que maneira é possível ampliar ainda mais as trocas entre os mesmos e o Brasil e como incentivar os estudantes a buscarem um intercâmbio.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.