text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Mãe: cuidado para seu filho não perder uma vaga de emprego

      
Mãe: cuidado para seu filho não perder uma vaga de emprego
Mãe: cuidado para seu filho não perder uma vaga de emprego  |  Fonte: Universia Brasil
Notícias Seu Emprego, Universia Brasil

SEU EMPREGO

Recrutadores convidados pela Universia Brasil falam sobre como conseguir um emprego, mercado de trabalho e desenvolvimento profissional. Acompanhe a série

Cadastre seu CV grátis na Universia Emprego

Cadastre grátis aqui

Quando o filho está concorrendo em um processo seletivo para uma vaga que deseja muito, é comum que as mães queiram ajudá-lo de qualquer maneira a conquistar a oportunidade. No entanto, é preciso tomar cuidado com a interferência: algumas atitudes podem prejudicar o profissional na disputa.

Quando o filho está concorrendo em um processo seletivo para uma vaga que deseja muito, é comum que as mães queiram ajudá-lo de qualquer maneira a conquistar a oportunidade. No entanto, é preciso tomar cuidado com a interferência: algumas atitudes podem prejudicar o profissional na disputa.

Para mostrar que está apto a ingressar na empresa, este candidato precisa demonstrar que é maduro, independente e que está preparado para enfrentar os desafios do mundo dos negócios. A participação de algumas mães, contudo, atrapalha os profissionais a apresentar as competências esperadas.

MÃE QUE LEVA O CANDIDATO PARA O LOCAL DA ENTREVISTA

Claramente, é comum que a mãe possa levar o candidato até o local em que a entrevista será realizada. Afinal, pode trabalhar perto do lugar ou fazer o caminho com o filho para conhecer, juntos, o percurso.

Vejo, no entanto, que há mães que, além de levar ao local da entrevista, quer esperar o filho na empresa durante a conversa. Isso não é bem interpretado pelos recrutadores. Aguardar em um local próximo ou retornar após a conversa é o mais indicado. Caso contrário, a atitude pode ser interpretada como superproteção ou dependência do candidato.

ACOMPANHAR DURANTE A CONVERSA

Acredite: há casos de mães que pediram para o recrutador para poder participar da dinâmica em grupo ou entrevista junto ao filho, pois não queriam deixá-los sozinhos durante a experiência. Talvez elas não saibam que estão ajudando com a eliminação do filho no processo seletivo.

O candidato precisa mostrar-se independente. A mãe não estará na empresa em seu primeiro dia de emprego ou quando algum problema precisar ser resolvido na organização.

Um profissional, para iniciar no mercado de trabalho, precisa demonstrar maturidade e que está pronto para enfrentar desafios.

LIGAR ATRÁS DE RETORNO

Quando o candidato participa da última fase de um processo seletivo, recebe o retorno positivo ou negativo em cerca de uma semana. Os recrutadores pedem para que esperem esse tempo para entrar em contato a respeito do tema, entretanto, alguns não conseguem segurar a ansiedade e acabam ligando em busca da resposta. Eu acredito que não seja uma atitude muito adequada, porém é comum. O problema é quando a mãe que faz esse contato, explicando que o filho está nervoso para receber logo o sim ou o não.

Mães podem entrar em contato apenas em casos extremos como quando o filho possui alguma deficiência que impede a comunicação, por exemplo. Ficar ligando em busca de respostas demonstra, mais uma vez, imaturidade por parte do candidato.

Há histórias, ainda, de mães que ligam cobrando o porquê de o filho não ter conquistado a vaga que tanto desejava, pois era o melhor entre os concorrentes. Nesse caso, prejudicam ainda mais a imagem do profissional no mercado de trabalho.

O candidato deve ser o único a falar sobre seu desempenho no processo seletivo. Se possui dúvidas sobre sua performance, deve entrar em contato diretamente com o recrutador para descobrir como se desenvolver para próximas oportunidades.

Fale com os Recrutadores

Tem dúvidas sobre como conseguir um emprego? Conecte-se ao Facebook e envie sua pergunta no final da página. Nossos especialistas responderão.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.