text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

USP votará cotas para estudantes da rede pública

      
Fonte: Universia Brasil

ENEM: SIMULADO + PLANO DE ESTUDOS GRÁTIS!

CADASTRE-SE!

A Universidade de São Paulo (USP) votará nesta terça-feira (3) a adoção de um sistema de cotas novo para estudantes da rede pública. Objetivo é que cotistas atinjam 50% das vagas de todos os cursos.

A proposta, que será votada pelo Conselho Universitário (CO) da USP, pretende abrir duas frentes para que alunos da rede pública entrem na instituição. O primeiro, o próprio vestibular da Fundação Universitário para o Vestibular (Fuvest) e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que já é utilizado.

Caso seja aprovada, a proposta aumentará para 50% o total de cotistas nos cursos até 2021 e já será iniciada em 2018, aumentando gradativamente. Em 2017, a USP teve um aumento no número de alunos ingressantes vindos de escolas públicas. O total foi de 36,9% ou 4.036 novos alunos da rede pública.

Confira outras notícias sobre educação e fique por dentro do universo educativo.

Vale lembrar que a USP utiliza o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para parte de suas vagas. Em 2017, das 11.072 ofertadas, 2.338 vieram pelo Sisu. Destas vagas, 1.741 são destinadas à política de cotas, sendo 1.155 para estudantes de escola pública e 586 para estudantes de escola pública autodeclarados PPI.

COTAS EM MEDICINA

A Faculdade de Medicina da USP aderiu ao sistema de cotas raciais. A decisão foi aprovada nesta sexta-feira (30) pela Congregação da faculdade, que também aprovou a utilização das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como sistema parcial de seleção.

No total, 50 das 175 vagas do curso serão selecionadas via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que utiliza as notas do Enem para o ingresso. Além de medicina, fonoaudiologia, fisioterapia e terapia ocupacional também aderirão ao sistema. 8,6% das vagas de 2018 serão reservadas para pretos, pardos e indígenas.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.