text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Vêm aí as profissões do futuro! Prepare-se para o novo mercado de trabalho

      
profissões do futuro
A tecnologia continuará afetando profundamente o mercado de trabalho nos próximos anos  |  Fonte: iStock

O mercado de trabalho é dinâmico. Enquanto novas especialidades emergem, outras desaparecem. Prova disso é que o Telex, equipamento para transmitir mensagens em forma de fita perfurada, não existe mais, dando fim à carreira de operador de Telex. Por outro lado, hoje temos Community Managers e mineradores de Bitcoins, ocupações inimagináveis há duas décadas. 


Um estudo de 2018 do Fórum Econômico Mundial cita fatores que estão levando à reinvenção das profissões. Entre eles, temos a computação em nuvem e a Internet móvel, elementos cada vez mais presentes em diversas ocupações. Muitas profissões criadas pela evolução tecnológica dos últimos anos ou fortalecidas por ela já estão em alta no mercado, enquanto outras estão despontando como promessas para o futuro.


O fato é que a escolha profissional ajustada às últimas tendências garante uma longa carreira dentro da área escolhida. Para entender as últimas tendências do mercado, conhecer as profissões do futuro e se preparar para o que vem pela frente, leia este artigo!

O futuro é dos robôs?

Uma das primeiras questões que surgem quando o assunto é o futuro das profissões está ligada à evolução das máquinas e, especialmente, da inteligência artificial. Será que as profissões serão extintas e seremos completamente substituídos por robôs autoconscientes? A resposta é não. Embora seja provável que algumas profissões desapareçam, isso não deve acontecer com a maioria das ocupações.


O ser humano ainda não criou – e nada indica que criará em breve – uma inteligência que seja igual à humana. Embora a A.I. (artificial intelligence) seja capaz de armazenar e analisar muito mais dados do que nós e consiga tomar decisões de acordo com essas informações, ela não pode criar nada do zero: é preciso que ela receba dados e aprenda com o que os humanos lhe fornecem. Além disso, falta à mais avançada inteligência artificial algumas qualidades humanas importantíssimas para diversas profissões, como criatividade e empatia, por exemplo.


Haverá, sim, uma presença maior da automação em vários segmentos. Já é possível observá-la, por exemplo, no crescente número de bots presentes em várias empresas e instituições – no setor de informações e no SAC, em especial. No entanto, o que nos espera é principalmente um trabalho conjunto entre homem e máquina, não uma batalha por vagas.

Novas profissões continuarão surgindo?

Se já há escolas e instrutores de pilotagem de drones pelo mundo, imagine que tipo de “autoescolas” teremos no futuro. Imagine quantas profissões não serão criadas só para atuar nessa área. Pense em quantos serviços que ainda não existem no mercado surgirão até o fim da próxima década apenas para lidar com os transportes do futuro, por exemplo.


Segundo uma pesquisa da Dell com o Institute for the Future, é possível prever que 85% dos trabalhos que estarão disponíveis em 2030 ainda não foram inventados. A tecnologia sempre criará a necessidade de novas profissões, já que precisamos de indivíduos preparados para lidar com ela.


De acordo com outro relatório do Fórum Econômico Mundial, há uma relação intrínseca entre a atividade laboral e a educação. Como existirão trabalhos que hoje não fazem parte das listas das profissões e muitas novas vagas se tornarão disponíveis, essas lacunas serão preenchidas por trabalhadores que tenham a formação necessária, mas também a flexibilidade para continuar sempre aprendendo. Para muitos empresários e CEOs, a capacidade de aprendizagem vai definir, decisivamente, o sucesso no trabalho no futuro.

Profissões do futuro na área de tecnologia

Quando o assunto é tecnologia, podemos deixar a imaginação fluir: muitas profissões inimagináveis devem surgir nessa área nos próximos anos, bem como muitos serviços que ainda não existem no mercado.


Se você está em busca de descobrir sua vocaçãoescolher a sua profissão ou mesmo se quer investir em uma mudança de carreira, vale a pena considerar as profissões que têm ganhado destaque na área de tecnologia nos últimos anos, assim como as que prometem se tornar relevantes no futuro.


Essa área exige muito estudo, dedicação e capacidade de se manter sempre atualizado, mas oferece ótimas oportunidades e salários. Veja as principais profissões do futuro na área tecnológica.

Cientista de dados

O mundo interconectado da Internet gera uma quantidade enorme de informações o tempo inteiro. Organizar e analisar tantas informações de forma eficiente se tornou uma necessidade da Era Digital. Usando algoritmos e sistemas, o cientista de dados analisa grandes conjuntos de dados, o famoso Big Data.


Com objetivos diversos, como a otimização de inventários e a identificação de padrões úteis para o Marketing, essa análise se tornou uma ferramenta essencial para a produtividade e o faturamento de muitas empresas. Cursos comuns para esses profissionais são: Ciências da Computação, Engenharia, Matemática e Bacharelado em Ciência de Dados.

Desenvolvedor de Software

O desenvolvedor de software – ou programador de software – elabora, aprimora e conserta sistemas e programas para computadores. Se a profissão já está em alta, a tendência é que a evolução da computação em nuvem, bem como da Internet das Coisas (IOT), causem um novo “boom” na área.


O profissional da área pode ser formado nos mais diversos cursos, mas os mais comuns são Ciências da Computação, Engenharia da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Engenheiro de Robótica

A robótica trabalha com sistemas compostos por partes mecânicas automáticas e controladas por circuitos integrados. Ou seja, ela basicamente cria robôs, desenvolvidos para completar todos os tipos de tarefas diárias. Quer algo mais futurista do que isso?


Os estudantes de robótica devem estar interessados em pesquisar e desenvolver máquinas autônomas usando técnicas para projetar, construir e controlar seus próprios projetos. Os cursos mais indicados são Engenharia Elétrica, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Mecatrônica.

Especialista em Machine Learning

Formado em Computação ou Engenharia, o especialista em Machine Learning pode ser o criador de uma inteligência artificial capaz não só de raciocinar, mas também de aprender e de se autoaperfeiçoar. No entanto, ele também pode ser o profissional que lida com essa criação e a aplica à realidade de uma empresa. A profissão exige vastos conhecimentos não só de programação, mas também de estatística.


O desenvolvimento e as aplicações do Machine Learning ainda estão engatinhando: as suas possibilidades são infinitas e a área ainda promete muitas novidades – e muitas oportunidades profissionais.

Profissional de Segurança Cibernética

O profissional de segurança cibernética pode atuar na criação de ferramentas de controle e proteção de informações digitais ou com a implementação de métodos, políticas e sistemas de segurança em determinada empresa. É indicada formação em Ciência da Computação ou Segurança Cibernética.


Como a área lida com a proteção contra crimes cibernéticos e cibercriminosos – e estes não devem diminuir nos próximos anos – é seguro dizer que esta é uma das profissões do futuro com maior potencial.

Especialista em Nanotecnologia

Já reparou que nossos dispositivos eletrônicos estão cada vez menores, embora tenham cada vez mais poder de processamento? Essa tendência deve continuar forte – assim como as carreiras na área de nanotecnologia.


A nanotecnologia se refere à manipulação de materiais na escala atômica. Pode ser usada na área de medicina, química, eletrônica, entre outros. A formação mais adequada é um bacharelado em Engenharia de Nanotecnologia, mas o profissional também pode ser formado em outros cursos, como Física, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Biomedicina.

Especialista em Energias Renováveis

O já citado estudo de 2018 do Fórum Econômico Mundial também aponta para as mudanças climáticas globais como um fator de mudança para as carreiras. Na Europa, é crescente a preocupação com o desenvolvimento de fontes de energia renováveis e na Califórnia, novas residências já são obrigadas a ter painéis solares como fonte de energia ao serem construídas.


Embora o Brasil ainda não esteja tão engajado na causa ambiental, estudos indicam que muito em breve o mundo inteiro precisará fazer algo a respeito do aquecimento global. Além disso, os combustíveis fósseis um dia acabarão, tornando o trabalho do Especialista em Energias Renováveis ainda mais importante.


Esse profissional trabalha com o planejamento, a implantação e a manutenção de sistemas geradores de energia renovável. Para atuar na área, vários cursos estão disponíveis, como bacharelado em diversos tipos de engenharia e tecnólogos em energias renováveis.

Profissões do futuro na área da saúde

Embora as profissões na área da tecnologia tenham ganhado cada vez mais destaque e prestígio nos últimos anos, há outros campos que também têm desfrutado de crescimento no mercado.


Antigas profissões da área da saúde, bem como novas ocupações criadas devido às mudanças tecnológicas, prometem continuar ganhando espaço e importância. Mais da metade das 30 profissões que apresentaram maior crescimento em 2018 nos Estados Unidos – listadas pela Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos EUA (U.S. Bureau of Labor Statistics) – é da área da saúde. As previsões feitas pelo mesmo estudo indicam que elas devem continuar crescendo nos próximos dez anos.


No Brasil, muitas dessas profissões também estão em alta e devem permanecer assim.

As atividades voltadas para a saúde se destacaram entre as 20 profissões que mais avançaram entre 2007 e 2017, segundo uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).


Além disso, há anos observa-se uma escassez de profissionais de saúde em muitas cidades do país, enquanto ocupações relativamente recentes também vêm ganhando espaço no mercado brasileiro. Mas, afinal, quais são as profissões do futuro na área da saúde? Confira a seguir!

Profissões na área da genética

Nada parece tão adequado para o mercado futuro na área da saúde do que um profissional especializado em biologia e computação ao mesmo tempo, não é mesmo? O bioinformacionista tem justamente esse perfil: especializa-se nesses dois campos do conhecimento, sendo capaz de interpretar dados, compreender problemas de saúde e atuar no desenvolvimento de tratamentos através da tecnologia.


Isso é importante especialmente para o campo da genética, onde é preciso lidar com uma enorme quantidade de dados, impossíveis de serem analisados e interpretados sem essa ajuda da tecnologia.


Os avanços nos nossos conhecimentos de genética já estão transformando a medicina, através da compreensão e prevenção de doenças e do desenvolvimento de tratamentos – em especial tratamentos personalizados, considerando a genética do paciente. Assim, profissões nesse campo certamente podem ser consideradas profissões do futuro na área da saúde.


Confira alguns profissionais que podem atuar na área da genética:


  • Biotecnólogos;

  • bioinformacionistas;

  • biomédicos;

  • biólogos geneticistas.

  • médicos geneticistas.

Gerontólogos, enfermeiros e cuidadores

O envelhecimento da população mundial de hoje é um fato, alcançando números sem precedentes. Segundo o “Relatório Mundial de Envelhecimento e Saúde”(2015), da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma criança nascida no Brasil em 2015 pode esperar viver 20 anos mais do que uma criança nascida há 50 anos.


Uma das consequências dessa mudança global é o crescimento da importância da gerontologia, a ciência que estuda o envelhecimento. Pesquisadores e profissionais da área certamente se tornarão cada vez mais relevantes nesse cenário. 


A maior expectativa de vida, bem como o aumento da população idosa, significa que muitos outros profissionais da área da saúde também serão mais requisitados, especialmente cuidadores e enfermeiros. Nos Estados Unidos, as profissões de cuidador e enfermeiro domiciliar estão entre as quatro que mais cresceram em 2018, enquanto no Brasil, as profissões de cuidador de idosos e técnico de enfermagem figuram entre as 20 profissões que mais avançaram entre 2007 e 2017, de acordo com o estudo da CNC.


Além disso, entre as 15 profissões com mais geração de vagas no Brasil durante o período inicial da recessão no Brasil (2014 - 2015), um outro estudo da CNC identificou três na área da saúde: técnico de enfermagem, enfermeiro de nível superior e cuidador de crianças, adultos e idosos.


Com o aumento populacional do país, especialmente da população idosa, a escassez de médicos pode se agravar, enquanto a geriatria – a especialidade da medicina que cuida de pessoas idosas – vai se tornar cada vez mais importante e demandada.

Outras profissões do futuro na área da saúde

Quer conhecer mais profissões do futuro na área da saúde? Confira abaixo uma lista de atividades que têm se destacado e provavelmente ganharão ainda mais espaço nos próximos anos:


  • Medicina integrativa;

  • Nanomedicina;

  • Telemedicina;

  • Fisioterapia;

  • Terapia ocupacional.

Profissões do futuro em outras áreas

Também há profissões na área de humanas e de ciências sociais que foram criadas, fortalecidas ou profundamente abaladas pela Era Digital. Veja algumas profissões que prometem florescer nos próximos anos. 

Gestor de Inovação

A inovação disruptiva vem ganhando força no mercado de trabalho. Trata-se de um conceito que define toda técnica e/ou forma de atuar em um segmento que seja, até então, inexplorada. Exemplo de empresas que nasceram e prosperaram graças à inovação são a Uber e a Airbnb. Graças às suas novas abordagens, setores inteiros — no caso, o de transporte e o de hotelaria — foram forçados a rever seus padrões de eficiência. A criação de serviços que ainda não existem no mercado é, em si, uma profissão do futuro.


Grandes players do mercado estão de olho nessas mudanças e já incluíram em seus quadros os gestores ou gerentes de inovação. Incluem-se em suas funções o desenvolvimento e a aplicação de novos conceitos que agreguem valor aos produtos e serviços oferecidos nas empresas. Ou seja, o profissional é responsável por ter ideias originais e passíveis de aplicação e por colocá-las em prática.


A criatividade é essencial nessa profissão, claro, mas sozinha ela não chegará muito longe. Embora possa ter formação em diferentes cursos, é desejável que o profissional da área tenha conhecimentos de Administração e Marketing.

Especialista em Direito Digital

A regulamentação da Internet é muito recente no Brasil, datando de 2014 o Marco Civil, pela Lei N° 12.965. Portanto, quem pensa em cursar Direito certamente terá na função de Especialista em Direito Digital uma profissão com amplas possibilidades.


Essa especialidade tem evoluído à medida que novos tipos de delitos cometidos na Internet vêm se tornando frequentes. Exemplos são o assédio virtual, conhecido como Cyberbullying, e a pornografia de vingança, que a Lei Nº 13.718 tornou crime em 2018.


O especialista em Direito Digital poderá atuar como advogado em ações judiciais ou como consultor responsável por apontar possíveis implicações legais de planos de ação de empresas, instituições e figuras públicas em sites, redes sociais, e-mails e outros canais eletrônicos de comunicação.

Profissional de Marketing Digital

O Marketing já não pode ignorar o mundo digital. Seja para uma pequena empresa, seja para uma grande corporação, marcar presença na Internet se tornou essencial para os negócios. Por isso, o especialista em Marketing Digital – que pode ser formado em Comunicação Social, Administração ou Marketing – está sendo cada vez mais requisitado.


Esse profissional precisa ter conhecimentos de publicidade on-line, redes sociais, produção de conteúdo e SEO, assim como ter familiaridade com diversos softwares e ferramentas que podem tornar o seu trabalho mais fácil e eficiente. Aliás, há cada vez mais ferramentas disponíveis no mercado voltadas para essa área. Além disso, como grandes empresas, como a Google, têm interesse em tornar o Marketing Digital cada vez mais imprescindível, provavelmente é isso mesmo o que acontecerá.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.