text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O que significa regionalizar? Veja o conceito e seus tipos

      
Conhecer as regiões do Brasil é essencial para conhecer o seu país.
Conhecer as regiões do Brasil é essencial para conhecer o seu país.  |  Fonte: iStock

Uma das disciplinas que muitos candidatos têm dificuldade no ENEM é a geografia. Ela é uma matéria extremamente importante e que demanda atualização do estudante através da leitura de jornais e periódicos. A geografia tem um aspecto político e econômico que deve ser atualizado acompanhando o que está acontecendo mundo, já que os livros didáticos não conseguem acompanhar na mesma velocidade. 


Conceito


A própria definição do que é regionalizar pode ser encontrada no dicionário como:


Divisão em regiões; ação de regionalizar, de dividir um território em regiões, em áreas com características específicas e próprias.

[Por Extensão] Ação que visa descentralizar o poder do Estado ou de um órgão estadual ou nacional: fizeram a regionalização do Tribunal Legislativo de Minas Gerais.


Perceba que a regionalização faz parte do conteúdo de geografia, mas pode ter reflexo em questões de história. No Brasil, o processo de regionalização conduzido pelo governo federal dividiu o Brasil em cinco regiões: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Cada uma dessas regiões abrange um determinado número de estados que possuem características de alguma forma comuns.


A regionalização é um processo de classificação onde se agrupa os semelhantes. No Brasil, optou-se por regionalizar de acordo com as coordenadas geográficas, mas o que cria a divisão entre as regiões são as características dos estados. Vamos conhecê-las?


Regionalização do Brasil


O critério adotado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para uma divisão político-administrativa do país, dando enfoque em critérios populacionais e étnicos. De acordo com este critério, encontramos as seguintes macro regiões no país:


  • Norte - Abrange os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.


População: Região pouco povoada, onde se encontra uma população predominantemente formada por brancos, índios e mamelucos (mestiços de branco e índio). Na região de Belém, capital do Pará, há uma concentração de população cafuza (mestiços de índios com negros) pela proximidade com a região nordeste.


Vegetação: Floresta Amazônica.


Relevo: Predominam as planícies.


Clima: Equatorial úmido, com grande incidência de chuvas.


  • Nordeste - Abrange os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.


População:População bastante numerosa, onde há predominância de brancos (no Ceará e Paraíba), negros (na Bahia e Pernambuco), índios (no Sertão), cafuzos (no Maranhão) e mamelucos em diversas regiões por ser o elemento étnico mais frequente na região.


Vegetação: Mata atlântica no litoral (zona da mata), Caatinga no sertão e Mata dos Cocais na região do Meio Norte.


Relevo: Predominam as planícies na zona da mata e o planalto no agreste nordestino.


Clima: Tropical úmido, tropical semi-árido e de transição.


  • Sudeste - Abrange os estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.


População: Abriga a maior concentração populacional do Brasil, sendo quase 40% de toda a população nacional, especialmente nos grandes centros urbanos de Rio e São Paulo. Os grupos étnicos são bastante presentes e encontramos altos índices de miscigenação decorrente das grandes ondas migratórias do final do século XX.


Vegetação: Mata atlântica.


Relevo: Predominam as planícies no litoral marcada pelo mar de morros e o Planalto atlântico.


Clima: Tropical úmido e de altitude.


  • Centro-oeste - Abrange os estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Além disso, também é a região onde está localizado o Distrito Federal, unidade autônoma que abriga a capital Brasília.


População:Tem uma população modesta, atraída para região especialmente com a mudança da capital para o Distrito Federal. Tem uma grande migração desde a construção da cidade de Brasília e, por isso, tem uma população bastante miscigenada.


Vegetação: Cerrado.


Relevo: Marcado pelo planalto central e pela planície do Pantanal.


Clima: Tropical semiúmido, com duas estações bem definidas no ano: uma de seca e outra de chuvas.


  • Sul - Abrange os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.


População: Com uma formação predominantemente branca, os nativos da região sul têm forte influência dos imigrantes europeus de países diversos de Portugal, em especial italianos e alemães.


Vegetação: Mata dos pinhais e pampas.


Relevo: Predominam as planícies no litoral marcada pelo mar de morros e o Planalto atlântico.


Clima: Temperado sub-tropical.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.