text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Teorias da origem da vida: de onde viemos?

      
Ao longo da história, teorias da origem da vida foram criadas para explicar de onde viemos.
Ao longo da história, teorias da origem da vida foram criadas para explicar de onde viemos.  |  Fonte: iStock

Um dos temas de biologia que mais causou muito controvérsia na história, as teorias da origem da vida são questionadas até hoje. Alguns grupo acreditam que as teorias religiosas sobre o surgimento dos primeiros seres vivos é que seriam corretas, deixando de lado as explicações científicas sobre a evolução das espécies


Seja qual for a sua crença, aprender sobre as teorias da origem da vida é fundamental para sua vida acadêmica, mas também para saber de onde viemos. 


Teorias da origem da vida


  • Criacionismo 


A primeira teoria que surge, marcada por seu cunho religioso, é o criacionismo. De acordo com seus seguidores, o universo e todos os seres vivos são frutos da criação divina e, portanto, a Bíblia teria todas as respostas para esses questionamentos. Ainda é uma teoria que encontra respaldo, especialmente em grupos mais religiosos, porém já foi descartada pela comunidade científica em todo o mundo.


  • Panspermia


Outra hipótese bem antiga, atribuída ao filósofo grego Anaxágoras, a vida na terra teria sua origem após a chegada de partículas de vida trazidas do espaço. Ele acreditava que o universo teria sementes de vida e que, portanto, a vida teria sua origem fora do planeta Terra. Até o século XIX, esta teoria ainda tinha adeptos, especialmente após as análises de rochas de meteoritos e a descoberta de que elas carregavam compostos orgânicos. 


  • Abiogênese ou Geração espontânea


Uma das primeiras teorias científicas surge ainda com Aristóteles e que ganhou diversos defensores ilustres ao longo da história, como Santo Agostinho, São Tomás de Aquino, René Descartes e Isaac Newton. Diziam que certas substâncias sem vida eram dotadas de uma “força vital” que seria capaz de dar origem à novos seres vivos.


Foi apenas no século XVII, que o italiano Francisco Redi (1626 - 1698) trouxe o primeiro questionamento de verdade ao teóricos da geração espontânea e sua crença sobre o surgimento da vida. Pasteur também foi outro grande opositor e juntos mostraram em vários experimentos que a abiogênese não poderia ser aceita.


Um dos experimentos mais conhecidos consistia em deixar um pedaço de carne em um pote vedado e outro em um pote destampado. Apenas no pote aberto é que se detectou o surgimento de larvas, que posteriormente identificou como sendo originárias das moscas que podiam pousar na carne para depositar seus ovos.


  • Biogênese


Com a descoberta de que a vida é sempre originária de outra vida, os cientistas começaram a dedicar sua atenção à teoria da biogênese, dentre as quais a mais relevante e que até hoje é a mais aceita na comunidade científica é a Teoria de Oparin e Haldane, desenvolvida por dois cientistas já no século XX.


A partir de diversos experimentos, estes cientistas propõe que o planeta Terra possuía uma atmosfera composta de gases diferentes do que temos atualmente. Acreditava-se que alguns fatores proporcionaram reações que deram origem aos primeiros seres vivos. São eles:


  • temperaturas elevadas na superfície do planeta;

  • presença de radiação ultravioleta em altíssimos níveis;

  • tempestades intensas;

  • composição atmosférica baseada em vapor de água (H2O), amônia (NH3), metano (CH4) e gás hidrogênio (H2).


Essas condições favoreceram a criação dos primeiros aminoácidos composto de cadeias carbônicas, o que seria resultado de descargas elétricas combinadas com a radiação e a alta temperatura. Com as chuvas, esses compostos orgânicos foram levados para os mares e oceanos, dando origem às primeiras proteínas. 


A partir de então, surgem tais moléculas mais simples foram reagindo entre si e formando outras com composições cada vez mais complexas e receberam o nome de coacervados. Em algum momento, surgem os materiais genéticos, o que deu origem à vida.


Em 1953, o cientista Staley Miller conseguiu comprovar esta hipótese através de um experimento. Ele construiu um aparelho onde injetou gases e os submeteu a fortes descargas elétricas e vapor de água, com intuito de simular as condições naquela época. Miller pode verificar a formação de aminoácidos no líquido formado dentro de uma semana e, portanto, comprovou a hipótese de Oparin.


Se você tem dificuldade em estudar e aprender biologia, que tal experimentar outros canais modernos para aprender enquanto passa tempo? Existem vários canais no YouTube dedicados ao ensino da matéria que explica a nossa origem e selecionamos neste post os seis mais interessantes.


Caso você esteja procurando um estudo mais completo, existem ainda cursos online e até gratuitos na internet. A hora de acabar com todas as suas dúvidas é agora! Não perca mais tempo!

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.