text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Dia Mundial da Água: veja 7 fatos curiosos sobre o líquido

      
Fonte: Shutterstock

O Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1993, com o objetivo de chamar atenção para as questões que cercam o tema e conscientizar a população sobre o uso racional desse que é um dos mais preciosos recursos naturais do nosso planeta.

 

Você pode ler também:

» Conheça um dos maiores laboratórios de Física do mundo
» 5 cientistas que fizeram a diferença durante o século XX
» Todas as notícias de Educação

 

Para entender um pouco mais sobre a importância da água e algumas de suas propriedades curiosas, que podem cair no vestibular, a Universia Brasil entrevistou o professor de Química do curso Poliedro Ricardo Calçada. Veja a seguir algumas características da água que você precisa conhecer:

 

1 – Terra, planeta água

Quando vista do espaço e em fotos de satélites, fica claro que a Terra é, na verdade, o planeta água. A substância cobre cerca de 70% da superfície terrestre e está presente nos mares e oceanos, nos rios e lagos, e também nas geleiras, onde se apresenta no seu estado sólido.

 

2 – Três fases da matéria

A água é a única substância capaz de transitar pelos três estados da matéria: sólido, líquido e gasoso, e está sempre se movimentando entre eles. Essa característica possibilita que ocorra o chamado Ciclo da Água, em que a energia do sol é absorvida pela água líquida, presente nos oceanos, rios e lagos, e sobe para a atmosfera no formato de vapor de água.

 

 

 

“À medida que sobe, esse vapor é resfriado e se condensa na forma de gotinhas, que formam as nuvens e espalham a luz, ficando visíveis. Em condições apropriadas, essas gotas ficam pesadas o suficiente para cair de volta à terra na forma de chuva ou de neve, se estiver muito frio, reiniciando o ciclo”, explica Calçada.

 

3 – A nuvem não é água gasosa

O professor explica que, ao contrário do que muitos acreditam, as nuvens não são formadas por vapor de água. “Na verdade, o vapor d’água é invisível. As nuvens que observamos não são feitas, exatamente, de água no estado de vapor, mas de pequenas gotículas de água líquida, que espalham a luz e permitem que as nuvens sejam visíveis”, conta Calçada.

 

4 – “Causadora” do efeito estufa

Segundo o professor do Poliedro, “a água é a grande responsável pela manutenção da temperatura do planeta”, sendo o vapor de água o causador de mais de 50% do efeito estufa, já que prende o calor irradiado e mantém a Terra aquecida. Essa característica foi uma das responsáveis pelo surgimento da vida no planeta, já que as espécies precisam de calor para se manterem vivas.

 

5 – Por que os icebergs flutuam (e o gelo da bebida também)?

 



Na maioria dos casos, quando um líquido vira sólido sua densidade aumenta, ou seja, ele fica mais “pesado”. Isso não acontece com a água! “Ela contrai quando resfria e atinge o máximo de densidade a 4°C. Depois, vai se expandindo até atingir 0°C e, quando solidifica, sua densidade cai ainda mais”, explica Calçada.

 

Em outras palavras, o menos denso flutua sobre o mais denso. No caso da água, as forças de atração entre as moléculas, chamadas de ligações de hidrogênio, é que são responsáveis pelo fenômeno. “Quando a água se solidifica, elas fazem com que as moléculas de água se organizem em três dimensões, deixando alguns espaços vazios entre elas, aumentando muito seu volume e, consequentemente, deixando o gelo mais "leve". Quando ele derrete, essa estrutura tridimensional se desfaz, deixando as moléculas bem juntinhas. Por isso a água líquida é mais densa”, conta o professor do Poliedro.

 

6 – A água deveria “ferver” a -90°C

A molécula da água é tão leve que seu ponto de ebulição, ou seja, a temperatura em que levanta fervura, deveria ser de -90°C, sendo necessário o mínimo de temperatura para separar suas moléculas. Novamente são as ligações de hidrogênio as responsáveis por essa característica.

 

7 – Por que os insetos caminham sobre a água?

 



Mais uma vez, as ligações de hidrogênio proporcionaram à água uma característica única! O motivo de os insetos conseguirem caminhar sobre a água, como se estivessem em uma fina película de plástico, é a tensão superficial.

 

“As forças intermoleculares que mantém as moléculas do líquido juntas são responsáveis por essa propriedade”, explica Calçada. Essa “força”, que deixa as moléculas bem unidas, faz com a superfície fique parecida com um plástico bem fininho. Essa é a chamada tensão superficial, que torna mais difícil a penetração em um líquido do que a movimentação dentro dele.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.