text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

MEC abre 105 mil vagas para formação de docentes em instituições públicas

      
<p>Nesta segunda-feira (28), o ministro da Educação <strong>Aloizio Mercadante</strong> anunciou o projeto <strong>Rede Universidade do Professor</strong>, que abrirá 105 mil vagas para formação de docentes efetivos da rede pública, que não estejam atuando em sua área de formação. A vagas são para o segundo semestre de 2016, nas instituições federais de educação, sendo 24 mil presenciais e 81 mil na modalidade a distância, por meio da <strong>Universidade Aberta do Brasil</strong>.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Você pode ler também:</strong></span><br/><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Curso grátis de inglês para universitários e pós-graduandos href=https://noticias.universia.com.br/educacao/noticia/2016/03/28/1137749/curso-gratis-ingles-universitarios-pos-graduandos.html>» <strong>Curso grátis de inglês para universitários e pós-graduandos</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=MEC lança estratégia para melhorar alfabetização href=https://noticias.universia.com.br/educacao/noticia/2016/03/23/1137683/mec-lanca-estrategia-melhorar-alfabetizacao.html>» <strong>MEC lança estratégia para melhorar alfabetização</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Educação href=https://noticias.universia.com.br/educacao>» <strong>Todas as notícias de Educação</strong></a></p><p> </p><p>Segundo o <strong>Censo Escolar 2015</strong>, entre os 709.546 professores efetivos da rede pública, 334. 717 têm formação na disciplina que lecionam em sala de aula, enquanto 374.829 precisam <strong><a title=Professor: 3 dicas para utilizar o Twitter com suas turmas href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2016/03/02/1136906/professor-3-dicas-utilizar-twitter-turmas.html>complementar a formação superior</a></strong>, ou seja, não têm licenciatura nas disciplinas ou não contam com grau de barachel na área. Segundo o <strong>Ministério da Educação (MEC)</strong>, a medida tem como objetivo reduzir o número de professores com formação que não corresponda à disciplina pela qual são responsáveis.</p><p> </p><p>Os interessados em dar continuidade a sua formação poderão se inscrever por meio da <strong><a title=Plataforma Freire href=https://freire.capes.gov.br/ target=_blank>Plataforma Freire, na internet</a></strong>, entre os dia 5 de abril e 5 de maio. Em seguida, as secretarias de educação estaduais e municipais terão até 6 de junho para validar as inscrições. O resultado será divulgado no dia 30 de junho, com início das aulas previsto para o segundo semestre deste ano.</p>
Fonte: Shutterstock

Nesta segunda-feira (28), o ministro da Educação Aloizio Mercadante anunciou o projeto Rede Universidade do Professor, que abrirá 105 mil vagas para formação de docentes efetivos da rede pública, que não estejam atuando em sua área de formação. A vagas são para o segundo semestre de 2016, nas instituições federais de educação, sendo 24 mil presenciais e 81 mil na modalidade a distância, por meio da Universidade Aberta do Brasil.

 

Você pode ler também:

» Curso grátis de inglês para universitários e pós-graduandos
» MEC lança estratégia para melhorar alfabetização
» Todas as notícias de Educação

 

Segundo o Censo Escolar 2015, entre os 709.546 professores efetivos da rede pública, 334. 717 têm formação na disciplina que lecionam em sala de aula, enquanto 374.829 precisam complementar a formação superior, ou seja, não têm licenciatura nas disciplinas ou não contam com grau de barachel na área. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a medida tem como objetivo reduzir o número de professores com formação que não corresponda à disciplina pela qual são responsáveis.

 

Os interessados em dar continuidade a sua formação poderão se inscrever por meio da Plataforma Freire, na internet, entre os dia 5 de abril e 5 de maio. Em seguida, as secretarias de educação estaduais e municipais terão até 6 de junho para validar as inscrições. O resultado será divulgado no dia 30 de junho, com início das aulas previsto para o segundo semestre deste ano.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.