text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

35% dos participantes do Enade foram os primeiros da família no ensino superior

      
Fonte: Shutterstock

Entre os participantes do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2014, 35% afirmaram ser os primeiros integrantes de suas famílias a concluir um curso superior. A informação é proveniente do questionário socioeconômico, aplicado pela primeira vez em uma edição do Enade.

 

Você pode ler também:

» 19ª edição do Prêmio Educador nota 10 dará R$ 15 mil para vencedores
» Universidade portuguesa oferece bolsas para candidatos do Enem
» Todas as notícias de Educação

 

De acordo com a pesquisa, 19% dos alunos chegaram ao ensino superior por meio de políticas de inclusão social ou ações afirmativas, que são ações temporárias e focadas em questões de desigualdade. Além disso, 30,3% concluíram seu curso com ajuda de financiamentos ou bolsas de estudo, número que sobe para 46,8% quando consideradas, somente, as instituições particulares.

 

O objetivo do estudo é analisar os estudantes e traçar um perfil socioeconômico dos participantes do Enade, na tentativa de oferecer mais instrumentos para a construção de uma educação igualitária no País.

 

História real

Jardeon Jardiel de Araújo, de 29 anos, é um dos brasileiros que chegaram ao ensino superior antes de qualquer outro membro de sua família. Nascido no Maranhão, o jovem se mudou, ainda muito pequeno, para o Distrito Federal, onde conseguiu o diploma em tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas, no ano de 2014.

 

Em entrevista ao Portal do Ministério da Educação (MEC), Jardeon contou que conquistou o sonho da graduação depois de trabalhar em dois estágios e receber um auxílio financeiro da mãe Maria de Fátima, que é cabeleireira e tem um salão de beleza. Agora, depois de se formar na universidade, o jovem profissional despertou a mesma vontade no irmão Jeferson, de 34 anos, que deseja cursar administração. “Querendo ou não, isso põe todos para cima. Faz com que a gente queira voar mais alto”, diz Jardeon.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.