text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

3 filmes sobre escravidão para ver no dia 13 de maio

      
Fonte: Shutterstock

No dia 13 de maio é celebrada a abolição da escravatura no Brasil. Nesta data, no ano de 1888, foi assinada a Lei Áurea, documento que pôs fim à escravidão no Brasil. Antes dela também foram sancionadas leis que concediam liberdade aos escravos, mas de forma gradual. São elas a Lei Eusébio de Queirós (1850), que proibia o tráfico de escravos pelo mar, a Lei do Ventre Livre (1871), que libertava todas as crianças nascidas de pais em condições de escravidão, e a Lei dos Sexagenários (1885), que alforriava os maiores de 60 anos.

 

Você pode ler também:
» 4 filmes sobre mulheres para assistir agora
» 8 filmes ganhadores do Oscar para assistir agora
» Todas as notícias de Cultura

 

O Brasil não foi a única nação que sofreu com as mazelas da escravidão. Os Estados Unidos, por exemplo, viveram uma situação análoga, em que os negros trabalhavam duramente nas plantações de algodão, localizadas na região sul do país. Castigos e torturas também eram aplicados aos escravos das propriedades norte-americanas.

 

Para aprender mais sobre a escravidão no mundo, suas histórias e consequências, assista a 3 filmes imperdíveis sobre o tema:

 

1) 12 anos de escravidão (2014)

A obra, que ganhou o Oscar de melhor filme em 2014 e é baseada em fatos reais, conta a história Solomon Northup, um negro livre que é sequestrado e vendido como escravo para o dono de uma propriedade rural.

 

2) Quanto Vale ou É por Quilo? (2005)

Filme brasileiro dirigido por Sérgio Bianchi, Quanto Vale ou É por Quilo compara a escravidão do período colonial do País com fatos contemporâneos, mostrando os reflexos desta condição nos dias do hoje.

 

3) Django Livro (2013)

Do polêmico diretor norte-americano Quentin Tarantino, famoso por seus filmes repletos de ação, personalidade e criatividade, Django Livre narra a trajetória de um escravo em busca de sua esposa e de sua liberdade. A obra não é muito fiel aos fatos, mas retrata a violência dos castigos aplicados nos negros durante o período.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.