text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

REVISÃO ENEM 2016: Como focar seus estudos de atualidades

      
Fonte: Shutterstock
Universia Enem: conheça a plataforma digital e gratuita de estudos para o Enem

Os acontecimentos da atualidade são uma grande parte do ENEM. Seja para contextualizar uma matéria ou para ser o foco de uma questão, a realidade do ano que se passou está sempre presente na prova. Quem vai prestar o ENEM 2016 precisa estar munido desses conhecimentos. No entanto, muitos candidatos podem não saber por onde começar.

Leia também:
» Todas as dicas de estudo sobre o Enem 2016

Com isso em mente, a Universia Brasil conversou com o professor de história do PoliedroRodolfo Neves sobre como se preparar para a abordagem das atualidades no ENEM. Confira as dicas a seguir:

TENHA MAIS DE UM PONTO DE VISTA

As atualidades têm uma peculiaridade especial. Diferentemente da maioria das matérias, não existe uma única abordagem para o tema e nem uma resposta completamente certa. Esses assuntos ainda são frescos demais para a historiologia ter uma opinião formada sobre eles.

Por isso, o professor Rodolfo Neves diz que é importante que o candidato se informe sobre o assunto a partir de mais de uma fonte. “É interessante que o candidato tenha um entendimento amplo desses fatos. Que ele tenha uma visão de no mínimo dois pontos de vista distintos sobre o mesmo tema”. Para o professor, isso dá mais autonomia ao candidato, e ele é capaz de lidar melhor com um número maior de abordagens que o Enem possa cobrar.

ESTEJA PREPARADO PARA LIDAR COM ATUALIDADES MISTURADAS COM CONTEÚDOS

Além de ter conhecimentos sobre atualidades e ter estudado os conteúdos do ensino médio,para ir bem no Enem o candidato precisa saber comparar essas informações. O professor destacou a possibilidade de que temas atuais sirvam de ganchos para outros conteúdos. Por isso é vital que o candidato saiba relacionar informações e fazer comparações.

ATUALIDADES NA REDAÇÃO: INVISTA EM TEMAS VOLTADOS PARA JOVENS E PENSE EM SOLUÇÕES

A redação é a hora em que os temas atuais ficam com o maior destaque, e é a parte em que o entendimento do mundo atual mais vai pesar. De acordo com Neves, na redação o Enem dá preferência a temas familiares aos jovens e ligados com direitos humanos. Em 2015, o tema foi a violência contra a mulher, assunto relevante com a popularização do feminismo entre os jovens, e o padrão se comprova em provas passadas.

O Enem espera na redação que o candidato ofereça soluções a problemas. Essa exigência pesa na avaliação e deve receber boa parte do tempo no planejamento da redação. Vale sempre lembrar que a solução deve sempre respeitar os direitos humanos e ser a mais inclusiva possível.

NÃO SE ESQUEÇA DE FAZER EXERCÍCIOS

Mais importante do que estar familiarizado com o conteúdo é saber como o Enem aborda cada tema. O único jeito de conhecer esse padrão é resolvendo exercícios de provas anteriores.

Assim como as outras matérias, as questões sobre atualidades têm padrões que se repetem de prova em prova. Por mais que o conteúdo não seja o mesmo, o modelo é. Mas o professor avisa: as provas do Enem mudaram muito nos últimos anos, então pegue provas de no máximo três anos atrás.

ESCOLHA BEM OS TEMAS QUE ESTUDA

A prova do Enem termina de ser formulado no meio de ano. Portanto, dificilmente algo que aconteceu depois de agosto vai entrar na prova. A dica é focar em acontecimentos do fim de 2015 e primeiro semestre de 2016. A exceção são eventos programados, como as Olimpíadas, em que a discussão se inicia antes do evento.

E-BOOK GRÁTIS: ERROS REDAÇÃO ENEM


Baixe ebook grátis com os principais erros na redação do Enem

FAÇA O DOWNLOAD AQUI


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.