text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Fluxo de jovens entre 18 e 29 anos que frequentam escola tem queda, diz pesquisa

      
Índice de repetência e necessidade de trabalhar podem ser motivos
Índice de repetência e necessidade de trabalhar podem ser motivos  |  Fonte: Shutterstock

De acordo com a Síntese de Indicadores Sociais (SIS 2016), produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta sexta-feira, 2, o número de jovens entre 18 e 29 anos que frequentam a escola teve queda de 30,7%. Os valores abrangem o período entre 2005 e 2015.

Leia também:
» 66,4% dos jovens negros concluem o Ensino Fundamental, aponta pesquisa
» Estudo mostra que escolarização dos pais afeta rendimento dos filhos

Em 2005, ano em que os estudos da SIS começaram, 81,6% dos jovens entre 15 e 17 anos frequentavam a escola. De lá pra cá, o número aumentou, mas de não de maneira significativa: foi para 85%. No entanto, em 2015, 1,6 milhão de estudantes nessa faixa etária abandoaram os estudos.

Entre os jovens de 18 a 24 anos, 31,5% iam à escola em 2005. Em 2015, o número foi para 30,7%. Aqueles entre 25 e 29 anos também tiveram uma redução no fluxo: foram de 12,6% para 11,4%.

O índice de repetência – o que faz os jovens estarem até dois anos atrasados em relação à série em que deveriam estar – e a saída para ajudar na renda familiar podem ser alguns fatores que levaram esses grupos a desistir dos estudos.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.