text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

10 tecnologias que aceleram o ensino na sala de aula e na empresa

      
Algumas ferramentas facilitam a produção do trabalho em equipe
Algumas ferramentas facilitam a produção do trabalho em equipe
  • É possível usar a tecnologia para aprender, tanto em sala de aula como no âmbito empresarial?
  • Estar na vanguarda com o uso das novas ferramentas implica também tirar o maior proveito delas nao só nos momentos de lazer, mas com a finalidade de aprender e crescer profissionalmente.
  • Existem ferramentas e aplicativos que colocam à disposição do usuário facilidades na hora de trabalhar em equipe e assumir posições de liderança.

Na hora de introduzir a tecnologia no ensino e nas empresas, é preciso levar em conta dois aspectos relevantes: transformar os alunos e os funcionários em usuários competentes para um mundo em constantes mudanças, que saibam administrar tecnicamente o uso de uma ferramenta concreta e, ao mesmo tempo, trabalhar conjuntamente conteúdos, habilidades sociais comunicação e expressão, interpretação de dados, entre outros.


1. Apresentações

Para começar pelo básico, as ferramentas para apresentações transformam o que se expõe em um diálogo onde tanto os alunos como os funcionários podem interagir.


2. Mapas mentais

Um mapa mental é bastante útil no começo de uma aula ou reunião, como uma atividade lúdica a partir de certos elementos, de construir conjuntamente na equipe (ou entre equipes, no caso de uma sala de aula) um mapa conceitual que desenvolva um assunto.


3. Anotações

Possuir aplicativos para anotações serve para criar glossários de maneira vistosa, participada que também podem ser repassados com facilidade.

4. Criação de formulários e testes

Uma maneira diferente de fazer a avaliação o inclusive para fixar o aprendizado, com perguntas simples que podem ser respondidas até mesmo através do celular.

5. Redigir um documento em conjunto

Vários alunos e funcionários podem trabalhar em um mesmo documento ao mesmo tempo. GoogleDocs é uma ferramenta simples e clara que, além de facilitar que seja possível compartilhar entre vários usuários, permite que você visualize quem está trabalhando e o que cada um está escrevendo.

6. Fluxo de trabalho

Existem ferramentas que nos ajudam a planejar um grupo de trabalho e seguir a sua dinâmica. WorkFlowy ou MasteryConnect são alguns exemplos, e não só em curto prazo, mas também para uma avaliação. Cria rotinas, permite um seguimento e se percebe a implicação e o trabalho pessoal.

Para selecionar artigos e analisar conteúdos, Evernote é uma ferramenta usada em muitas empresas para criar fluxos de networking e intercâmbios enriquecedores. Este aplicativo também é útil em sala de aula, por exemplo, para trabalhar assuntos da atualidade.

7. Debates na rede

 Eles persistem na educação superior pela sua claridade e capacidade organizativa. Dois exemplos de aplicativos que nos colocam na vanguarda com a tecnologia são MemberHub e ProBoards. É uma forma de colaboração digital.

8. Imagens, fotos e post-it

Há alguns anos a rede nos ensinou a priorizar as imagens, agora nos ensina que tudo pode ser explicado através de vídeos. Mas ainda há tempo de construir gráficas chamativas e potentes no que se refere à claridade da explicação. Chegar a ser um especialista é uma questão de praticar com as ferramentas disponíveis.

9. Chegar a ser um analista de dados

Saber manejar e interpretar dados em uma grande tabela de Excel, por exemplo, é uma das profissões com mais futuro. Conhecer as fórmulas que combinem registros, tirar conclusões, apresenta-lo com gráficos de maneira que sejam mais acessíveis. Saber fazer as perguntas adequadas aos milhares de dados que temos hoje... é um grande exercício!   

10. Assistir uma conferência

Assistir em streaming uma conferência hoje em dia é cada vez mais fácil. Além dos canais oficiais, dos quais a maioria de nós já participamos, muitos aplicativos do próprio smartphone facilitam essa relação. Periscope se tornou um exemplo ao lado do já tão conhecido Youtube.

Vemos constantemente novas criações tecnológicas, entretanto não é tão comum ver as mudanças nas infra-estruturas que lhes dão suporte.

Por isso, as empresas que melhor se desenvolvem no futuro serão as que tenham um processo funcional desde a arquitetura até o uso dos recursos.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.