text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Desenho industrial: curso, carreira e perspectivas

      
Você já se perguntou quem criou os produtos que estão ao seu redor neste momento? Olhe em volta, todos estes objetos que você vê são criações de designers, também conhecidos como desenhistas industriais
Você já se perguntou quem criou os produtos que estão ao seu redor neste momento? Olhe em volta, todos estes objetos que você vê são criações de designers, também conhecidos como desenhistas industriais  |  Fonte: Shutterstock

Estes produtos fazem parte do nosso dia a dia, seja diretamente, no caso dos bens de consumo, ou indiretamente, quando o profissional desenvolve projetos de maquinários utilizados na linha de produção industrial.

O Curso

Com duração de 4 anos, o curso de graduação em desenho industrial é oferecido sob a modalidade de bacharelado e conta com disciplinas que vão desde cálculo e estratégias de marketing até, como o próprio nome já diz, desenho. Portanto, os alunos costumam ser amantes da arte de desenhar, mas não apenas composta de talentos natos.

Desenhar é uma técnica que pode ser estudada e aprimorada por meio da prática. Se você gosta de desenhar, mas não acha que tem o dom, é possível encontrar diversos cursos no mercado, inclusive online, para aprender e desenvolver a sua paixão.

Durante o curso, você terá contato com as mais variadas técnicas de desenho, mesclando disciplinas que ensinam mais sobre tipos de materiais, estética e fabricação de produtos. Há ainda um estágio supervisionado e não existem opções de curso na modalidade de ensino a distância, apenas presencial.

A Carreira

Em um primeiro olhar, você pode pensar que qualquer profissional com uma boa ideia é capaz de criar o projeto para seu produto. No entanto, a idealização de um projeto não significa um produto viável de ser produzido. Hoje em dia, com a infinidade de opções disponíveis no mercado, é preciso muito mais do que uma boa ideia para ter chance de sucesso.

Um leigo é capaz de idealizar um produto sem considerar seus detalhes logísticos e de produção. Assim, ele não pensará no custo do material empregado, nos detalhes do projeto que podem baratear ou encarecer muito sua ideia e até mesmo, seu conforto e sua durabilidade. Todos esses fatores são fundamentais por afetarem diretamente o custo de produção e contribuírem para sucesso ou esquecimento do produto final.

A graduação possibilita ao aluno se inserir no mercado de trabalho em diversos ramos do setor produtivo, como:

  • mobiliário

  • vestuário

  • transporte

  • telecomunicações e tecnologias

  • identidade visual e marketing etc.

Perspectivas para um desenhista industrial

Um bacharel em desenho industrial será capaz de desenvolver projetos inéditos e inovadores e, ainda, reinventar produtos já disponíveis no mercado. Para tanto, seu processo criativo deve ser pautado por algumas características:

1.  Foco no usuário

Ao adotar a ótica do usuário, o designer buscará criar algo que realmente seja desejado por seus consumidores. Assim, ele deverá considerar aspectos de ergonomia, conforto, acessibilidade e sustentabilidade no desenvolvimento de seu projeto.

2.  Foco na solução

Da mesma forma, na elaboração, caberá ao designer se questionar qual necessidade este produto visa suprir e realmente supri-la. Só assim, o consumidor terá satisfação que deseja com sua compra. Caso seja uma mercadoria supérflua, fatores como luxo, prazer e satisfação é que são considerados na equação e devem ser compreendidos como a solução que o cliente busca.

3.  Cuidado com a relação Custo X Benefício

O processo de criação deve considerar os custos de produção de modo a garantir a sua viabilidade de produção. Não adianta desenvolver um projeto com um custo altíssimo e que não tenha nenhum aspecto inovador, pois ele, provavelmente, não será viável.

Assim, todas as etapas de produção devem ser consideradas no cálculo do custo e confrontadas com os benefícios que este produto irá trazer aos seus usuários. Apenas assim é possível ponderar sua real chance de sucesso.

4.  Acompanhamento do consumo e aprimoramento do produto

Por fim, as estratégias de colocação e marketing aliado ao planejamento da identidade visual da marca são aspectos que também podem recair sobre o designer industrial. Esta atuação mais próxima do consumidor final é que propicia um aprimoramento do projeto com base no feedback dos usuários.

Como fica claro, a carreira do profissional de desenho industrial possui inúmeras possibilidades de atuação, o que a torna uma atividade multifacetada. Não há a menor dúvida de que a criação de novos produtos é uma atividade constante nos dias de hoje e, portanto, o mercado para o profissional desta área será sempre marcado por oportunidades.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.