text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como elaborar o seu primeiro currículo

      
Seu currículo é a sua carta de apresentação para uma empresa. Elabore-o com cuidado para garantir a sua tão sonhada vaga.
Seu currículo é a sua carta de apresentação para uma empresa. Elabore-o com cuidado para garantir a sua tão sonhada vaga.  |  Fonte: istock

Antes de entrar formalmente no mercado de trabalho, é claro que você não terá experiência profissional, mas existem alguns pontos que você deve usar ao elaborar o seu primeiro currículo e que podem representar um diferencial que chamará a atenção do recrutador.

Separamos algumas dicas que vão te ajudar a preparar um bom currículo, mesmo sem ter nenhuma experiência profissional, e também vamos indicar as práticas que não são bem vistas por recrutadores.

1.  Escolha um modelo

Ao escolher um modelo para servir como seu currículo para o primeiro emprego, opte por um que seja clássico, organizado e simples. Você pode buscar modelos prontos na internet, falar com amigos mais experientes ou mesmo montar o seu próprio modelo.

Reflita sobre a área que você está buscando uma vaga e pondere se é uma área mais tradicional, como direito e economia ou mais moderna, como as áreas tecnológicas e afins. É comum que profissionais das áreas de informática, marketing e design adotem formatos de currículos mais arrojados e criativos, mas se o seu nicho é outro, um modelo mais moderno pode não agradar.

Jamais escolha modelos com imagens ou utilize fontes pouco usuais ou coloridas.

2.  Seus dados pessoais

As primeiras informações que devem constar no seu currículo são os seus dados pessoas. É interessante colocar seu nome em destaque e detalhar essas informações:

  • Nome completo

  • Endereço

  • Telefone Celular ou Fixo

  • E-mail

  • Idade e/ou Data de Nascimento

O recrutador, ao ver a sua idade e a falta de experiência profissional, já vai saber que este é seu primeiro emprego. Como falamos, isso não significa que irá descartar seu currículo, mas você deve compensar essa falta de experiência destacando outros pontos que serão o seu diferencial. Não há necessidade de colocar número de documentos ou foto (a menos que exigida pela vaga) e, principalmente, evite o uso de endereço de e-mails pouco profissionais, sempre prefira usar o seu nome.

3.  Determinando seu objetivo

O segundo ponto de um currículo é o objetivo profissional. Normalmente, será a área de atuação que você está buscando e deve sempre estar relacionada à vaga. Por isso, é muito importante que você reveja seu currículo toda vez que for encaminhá-lo a uma empresa.

Evite elaborar frases muito vagas, especifique o que você realmente está procurando e que aquela vaga vai te proporcionar.

4.  Formação Acadêmica

Neste ponto, você vai colocar onde estudou, de forma cronológica, sempre começando pela mais recente. É interessante também colocar seu grau de escolaridade, especificando se está em curso ou se foi concluído. Você pode colocar o ano de conclusão ou de previsão de conclusão.

Se você está terminando a escola agora, coloque o nome da instituição. No entanto, se você já tem um curso superior, não há necessidade de incluir a escola onde cursou o ensino médio. Também não há necessidade de colocar notas de disciplinas.

5.  Atividades e Cursos

Agora, você pode detalhar todas as suas atividades e cursos extracurriculares. É neste tópico que você poderá valorizar o seu currículo para o primeiro emprego. Acrescente os cursos de idiomas, informática, atividades de voluntariado (quando houver), iniciativas que você tenha criado, seja na escola, na faculdade ou mesmo no seu prédio. Essa parte é livre, mas cuidado para não detalhar itens que sejam irrelevantes para a vaga buscada.

6.  Experiência

Como este é um currículo para o primeiro emprego, você, provavelmente, não terá uma experiência profissional formal. É possível, no entanto, que você já tenha uma experiência relevante, ainda que de maneira informal, ao ajudar na loja da família, em estágios ou atuando como freelancer.

Se este for o caso, inclua e detalhe qual foi o seu papel nesta oportunidade. Projetos que você tenha criado ou se envolvido são muito apreciados por recrutadores e demonstram iniciativa e compromisso.

Uma dica importante e que pode parecer óbvia é de nunca inventar nada. Profissionais que atuam nessa área trabalham de recrutamento sabem identificar quando o candidato está mentindo. Por isso, não se queime por besteira. Seja sincero e você encontrará a vaga perfeita para você.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.