text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Cursos que mais empregam: desafios e perspectivas

      
Cursos que mais empregam: desafios e perspectivas
Cursos que mais empregam: desafios e perspectivas  |  Fonte: istock

Veremos a seguir alguns dos desafios e perspectivas dos cursos que mais empregam no Brasil. Para sermos justos, resolvemos escolher dez cursos e os dividimos entre técnicos e de nível superior.

CURSOS TÉCNICOS (NÍVEL MÉDIO)

Na área técnica de nível médio os cinco cursos que mais empregam são: técnico em enfermagem, técnico em redes de computadores, técnico em logística, técnico em meio ambiente e técnico em mecânica.

Técnico em enfermagem - É uma profissão que permite trabalhar tanto no setor público quanto no privado, normalmente em hospitais e postos de saúde. No entanto, a perspectiva mais promissora é a do atendimento domiciliar que acompanha o envelhecimento da população local. O emprego é praticamente garantido, embora a área de saúde costume ser bastante negligenciada pelos governos brasileiros.

Técnico em redes de computadores - Sem dúvida é uma das mais promissoras devido a vivermos na era digital. Mas esta tendência pode diminuir depois de um tempo devido ao excesso de oferta que costuma acompanhar as profissões da moda após a euforia inicial. O desafio, neste caso é estar sempre se atualizando na área e fazendo cursos relacionados para poder se diferenciar dos outros concorrentes.

Técnico em Logística - Esta é outra profissão que tem tudo para crescer, embora com menos risco de inflacionar, pois não é tão badalada quanto técnico em redes de computadores. Todavia, assim como ocorre com o técnico em redes de computadores, este profissional precisa estar sempre se atualizando.

Técnico em meio ambiente - Apesar desta ser uma profissão promissora e que tem tudo para crescer. oferecendo oportunidades no setor público e privado, é uma carreira que fica à mercê de políticos desinteressado na causa ambiental. Não existem grandes desafios, porém as perspectivas são muito variadas.

Técnico em mecânica - Apesar de não ser um curso badalado, é uma profissão que possui consistência. Os técnicos em mecânica, se forem bons, sempre arrumarão emprego. O profissional técnico em mecânica talvez seja de todos o mais consegue se empregar, e caso ele monte a própria oficina as possibilidades de ganho são ainda maiores. Áreas que lidam com manutenção e conserto de bens duráveis tendem a ser mais estáveis.

CURSO DE NÍVEL SUPERIOR

A nível de universidade, os cinco cursos que mais empregam são os seguintes: engenharia, administração, direito, medicina e economia.

Engenharia - Esta é uma carreira que comporta diversos campos, como civil, elétrica, petróleo e gás, e o estudante pode simplesmente escolher a área mais em alta.     
Administração - Assim como Engenharia, Administração é uma formação geral em gestão e, posteriormente, o aluno pode se especializar na área que ele julgar mais em alta no momento.

Direito - Sem sombra de dúvida, a faculdade de Direito é um coringa. Com esta graduação, o recém-formado pode trabalhar como delegado, promotor, juiz, advogado e consultor jurídico. São muitas as oportunidades abertas, porém a concorrência é tão grande quanto.

Medicina - O campo da Medicina, além de ser o que melhor paga na média, oferece várias oportunidades tanto no setor público quanto no privado, e é uma área que sempre estará em alta, porque sempre precisa-se de médicos.

Economia - A economia é um área que apresenta toda uma gama de oportunidades e não é muito badalada, isto aumenta as chances para alguém que tenha uma formação nessa área conseguir uma posição no mercado de trabalho sem dificuldades.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Estes são os cursos que mais empregam, lembrando que não basta ter a formação para entrar no mercado de trabalho. É importante também aliar o curso a um estágio prático e a outros cursos complementares.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.