Notícias

Permanência estudantil: o que é e como pode te ajudar?

      
Os programas de permanência estudantil viabilizam aos jovens em situação de vulnerabilidade a possibilidade de dar andamento aos seus estudos universitários através de bolsas, auxílios e convênios.
Os programas de permanência estudantil viabilizam aos jovens em situação de vulnerabilidade a possibilidade de dar andamento aos seus estudos universitários através de bolsas, auxílios e convênios.  |  Fonte: istock

O ingresso em uma universidade nem sempre é a parte mais difícil, é necessário ter um planejamento para conciliar os estudos com as despesas dos anos de graduação que vem a seguir. Esse tópico é especialmente delicado para os jovens em situação de vulnerabilidade social que não dispõem de renda suficiente para mantê-los ao longo desse período.

Vulnerabilidade social e Evasão Escolar no Brasil

No Brasil, a vulnerabilidade social é assunto com uma enorme relevância já que ela atinge uma mais de 40% das crianças e adolescentes em todo o país. Esse cenário é responsável pela falta de acesso de muitos meninos e meninas ao ensino superior e também por abandonarem os estudos mesmo após a conquista de uma vaga na universidade.

Dos que ingressam, muitos jovens não têm o recurso financeiro necessário para cobrir as despesas com transporte, alimentação e material, o que é um dos problemas que causam o alto índice de evasão escolar no ensino superior brasileiro. Para os alunos aprovados para universidades em outros municípios através do Sisu, a situação é ainda mais delicada.

Os especialistas no setor estudantil têm discutido diversas maneiras de reverter esse quadro, atuando no combate às suas principais causas. Quando o assunto é a vulnerabilidade social, uma das soluções que tem sido empregada pelas universidades surge sob a forma dos programas de permanência estudantil.

Programas de Permanência Estudantil

Os programas de permanência estudantil são iniciativas das universidades e do governo para garantir a manutenção dos estudos dos jovens universitários em situação de vulnerabilidade. Os programas não são centralizados pelo governo federal e, portanto, variam de acordo com a universidade, mas oferecem ajudas como:

  • Auxílio moradia ou alojamento estudantil

  • Bolsa de auxílio social

  • Bolsa de auxílio para os estudos

  • Transporte

  • Iniciação científica

  • Bolsas emergenciais

Os programas fazem uma análise do perfil socioeconômico e estudantil do aluno, que deve se inscrever seguindo as orientações dos editais específicos de cada projeto.

Conheça os principais programas

Você pode encontrar programas de permanência estudantil em diversas localidades do país, inclusive algumas com o apoio do governo estadual. Veja algumas opções:

Unicamp - A unicamp oferece um Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) que oferece diversos auxílios aos seus estudantes. Em 2019, a Unicamp ampliou ainda mais o número de bolsas ofertadas garantindo a democratização do ensino superior aos jovens brasileiros. O programa conta com bolsas sociais, culturais e outras, que possuem duração de um ano e podem ser renovadas pelos anos de permanência na universidade.

Política Mais Futuro - Trata-se de um programa do Governo Estadual da Bahia para garantir a permanência estudantil dos jovens nas universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc). Os interessados podem consultar o edital 2019 e se candidatarem aos auxílios financeiros ou aos estágios remunerados.

Udesc - A Universidade Estadual de Santa Catarina oferece seis programas diferentes de permanência estudantil, que variam de auxílios à moradia até emergencial. Para participar, você deve conferir os editais divulgados pela instituição e ficar atento aos prazos.  

USP - Uma das maiores universidades do Brasil, a USP também conta com um programa de assistência que prevê bolsas e auxílios aos jovens graduandos. A instituição disponibiliza um alojamento e conta com bolsas de moradia, livros, alimentação e transporte. A inscrição é feita online e você deve ficar atento a toda a documentação necessária.

Unesp - A Universidade Estadual Paulista conta com um amplo programa de permanência estudantil que oferece nove modalidades de auxílio. A maior parte possuem uma vigência de 12 meses. Para maiores informações sobre os programas, o estudante deve se dirigir ao instituto ou faculdade que está cursando e saber mais sobre as datas e condições para qualificação.

Se você deseja ingressar em uma universidade, mas não dispõe dos recursos para custear a sua graduação, procure saber mais sobre os programas de permanência estudantil e de assistência nas instituições mais próximas de você!



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.