text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Biotecnologia: áreas de atuação e mercado de trabalho

      
Biotecnologia: áreas de atuação e mercado de trabalho
Biotecnologia: áreas de atuação e mercado de trabalho  |  Fonte: istock

COMPREENDENDO A BIOTECNOLOGIA

Como pode se depreender do próprio nome, a Biotecnologia consiste na pesquisa e aplicação de novas tecnologias nas áreas das ciências da vida (Bíos, em grego significa vida): saúde, meio ambiente, agricultura e química.

Por esse motivo, pode ser difícil para o jovem que ainda não escolheu uma carreira universitária, decidir ou visualizar como exatamente ele trabalharia neste campo. Por esse motivo, explicaremos para o caso da Biotecnologia as áreas de atuação e o mercado de trabalho.

SAÚDE

O Biotecnólogo pode atuar no tratamento e prevenção de doenças, no desenvolvimento de pesquisas genéticas e no estudo de microrganismos e seus efeitos na saúde humana. Dentro da medicina e saúde, um campo que tem se desenvolvido é o da Bioinformática. 

A Bioinformática, dentre outras coisas, trata do desenvolvimento de tecnologias, como softwares que utilizem o sequenciamento genético para a criação de bancos de dados genômicos. 

Por sua vez, o estudo do genoma humano permite a prevenção e tratamento eficaz para doenças, pois favorece a identificação da predisposição de grupos de indivíduos a determinados tipos de doenças, e ainda previne as reações adversas que algumas pessoas poderiam ter a certos tipos de medicamentos. (ver https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-genoma.htm ).

MEIO AMBIENTE

Na área do meio ambiente, o profissional de biotecnologia pode atuar na pesquisa de microorganismos que contaminam o solo, a água e o ar, bem como no desenvolvimento de biocombustíveis e novas formas de aprimoramento do solo e novos tipos e variedades de plantas.

AGRONEGÓCIO

No caso do agronegócio, o campo de atuação da biotecnologia é no combate a pragas e doenças nas lavouras e rebanhos, por exemplo, através do desenvolvimento de plantas e alimentos geneticamente modificados que sejam resistentes à pragas e herbicidas.

Através desta manipulação genética,  existe ainda a possibilidade de se produzirem frutas que demoram mais para amadurecer. No caso da exportação de bananas, só para citar um exemplo, isto representaria um grande ganho, pois bananas que são exportadas do Brasil através do mar em viagens de um mês chegam quase apodrecidas em destinos como Europa. 

Por outro lado, podem ser produzidos alimentos com mais nutrientes e até mesmo plantas que podem servir como vacinas, o que já extrapola o uso de agronegócio e alcança um uso medicinal.

INDÚSTRIA

No campo da indústria as aplicações são ainda mais fascinantes. O Biotecnólogo tem a possibilidade de trabalhar na produção de biocombustíveis, ou seja, ele pode gerar energia a partir de substâncias como madeira, cana de açúcar, milho e girassol (ver https://biotecnologia3b.blogspot.com/p/areas-de-atuacao.html ). Pode também trabalhar na indústria de tecidos, pois existe a possibilidade de se produzir algodão que já seja tingido naturalmente. E outra possibilidade é a produção de produtos biodegradáveis, que não sejam agressivos ao meio ambiente.

MERCADO DE TRABALHO

Vemos assim que o mercado de trabalho para Biotecnologia oferece muitas áreas de atuação, tantas quantas são as aplicações da Biotecnologia, seja no processo industrial ou na área da saúde e meio ambiente. O fato é que a Biotecnologia é uma carreira vibrante e totalmente inserida dentro da atualidade, quando existe uma maior preocupação com o meio ambiente e com o desenvolvimento de pesquisas na área da saúde.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.