text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Curso de Enfermagem no Brasil: as melhores opções de graduação

      
A formação prática é vital para um(a) profissional de enfermagem.
A formação prática é vital para um(a) profissional de enfermagem.  |  Fonte: iStock

O curso de enfermagem é um dos preferidos dos estudantes brasileiros em busca de ingressar na faculdade. A popularidade dessa formação não é uma surpresa, afinal, a enfermagem é a maior categoria profissional da área da saúde no Brasil e, segundo o Cofen (Conselho Federal de Enfermagem), está presente em todos os municípios do país, nos setores público, privado, filantrópico e de ensino.


Se você tem interesse em se tornar enfermeiro(a) e gostaria de conhecer melhor a profissão e a sua formação, está no lugar certo! Continue acompanhando este texto e saiba mais sobre o curso de enfermagem no Brasil.

Enfermeiro, técnico ou auxiliar?

Quem quer atuar na área de Enfermagem pode optar por ser enfermeiro(a), técnico(a) de enfermagem ou auxiliar de enfermagem. Confira as características de cada uma dessas profissões:


  • Enfermeiro: exige um diploma de bacharelado em enfermagem, que normalmente tem duração de cinco anos. Este profissional possui a capacidade para lidar com diferentes tipos de casos médicos e coordenar técnicos e auxiliares de enfermagem. Desfruta de remuneração mais alta, sendo a média salarial no Brasil pouco mais de R$ 3.000.

  • Técnico de enfermagem: é preciso um curso técnico de enfermagem, que normalmente dura dois anos e tem como pré-requisito o ensino médio completo. O profissional atua em casos de média e alta complexidade, sob a supervisão de um enfermeiro, e pode lidar com pacientes em situação grave. A média salarial do técnico de enfermagem é de cerca de R$ 1.700.

  • Auxiliar de enfermagem: também necessita de curso técnico, com duração de pouco mais de um ano, com o pré-requisito de ter completado o ensino fundamental. Atua em casos de baixa complexidade e sua média salarial é de cerca de R$ 1.500.


Se você pensa em se tornar um(a) enfermeiro(a), saiba mais sobre a graduação em enfermagem e veja os cursos que se destacam no Brasil, a seguir.

Curso de enfermagem: o que você precisa saber

Para ser enfermeiro(a), como já vimos, é indispensável concluir um bacharelado em enfermagem. O curso vai preparar os estudantes para a atuação na área, com disciplinas de diversos campos do conhecimento que são essenciais para a profissão, como Ciências Biológicas e Psicologia, além de projetos de pesquisa, de extensão e estágio.


As disciplinas e os projetos que permitem que os estudantes entrem em contato com pacientes e conheçam na prática a profissão são considerados vitais para a enfermagem, o que torna o ensino à distância ainda muito pouco aceito na área.


Ao concluir a graduação, o profissional estará pronto para trabalhar em hospitais e centros de saúde públicos e privados, laboratórios, consultórios, domicílios, instituições sem fins lucrativos, entre outros.

Está interessado(a) em estudar Enfermagem? Inicie aqui o seu percurso universitário.

Mais informações.


Melhores cursos de enfermagem no Brasil

De acordo com o Ranking Universitário Folha de 2018, as 10 melhores instituições de ensino para fazer um curso de enfermagem no Brasil são:


  1. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);

  2. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP);

  3. Universidade de São Paulo (USP);

  4. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);

  5. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP);

  6. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);

  7. Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP);

  8. Universidade Federal da Bahia (UFBA);

  9. Universidade Federal do Ceará (UFC);

  10. Universidade de Brasília (UNB).


Embora as universidades públicas tenham obtido as melhores avaliações no ranking, a pesquisa “Perfil da Enfermagem no Brasil”, realizada pelo Cofen, revela que a maior parte dos enfermeiros brasileiros (57%) se formou em instituições privadas. Se você também tem interesse em se candidatar para instituições do setor privado, veja algumas que se destacam na classificação da Folha:


  • Universidade Paulista (UNIP) – 29ª posição;

  • Centro Universitário São Camilo (SAO CAMILO) – 31ª posição;

  • Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) 34ª posição;

  • Universidade de Marília (UNIMAR) 35ª posição;

  • Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (EMESCAM) – 36ª posição.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.