text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Tudo que você precisa saber sobre o ENEM

      
O Exame Nacional do Ensino Médio recebeu mais de 6 milhões de inscrições para a edição de 2019, que será realizada em novembro.
O Exame Nacional do Ensino Médio recebeu mais de 6 milhões de inscrições para a edição de 2019, que será realizada em novembro.  |  Fonte: iStock

O exame foi criado em 1998 como uma forma de medir a qualidade do ensino médio em todo o país. Em seus primeiros anos de existência, o ENEM contava com poucos inscritos e apenas alcançou um número expressivo de interessados quando passou a ser incluído como forma de ingresso de grandes universidades chegando a ter mais de 8 milhões de inscrições.


Um panorama geral sobre o ENEM


O exame é constituído por uma prova que abrange todas as disciplinas básicas integrantes da grade curricular do ensino médio, conforme diretrizes estabelecidas pelo MEC. O exame é aplicado em dois dias de prova, geralmente em dois domingos consecutivos, em todo o território nacional. A elaboração e aplicação da prova está sob a coordenação do Inep, autarquia vinculada ao Ministério da Educação que define como funciona o ENEM. 


Perceba que o ENEM não é um exame obrigatório para os alunos que estão concluindo o ensino médio, mas tendo em vista sua adoção, por inúmeras universidades em todo o país, como sua única forma de ingresso, pode ser essencial para aqueles interessados em cursar a graduação em instituições específicas.


A prova é aberta a todos, bastando a realização da inscrição e efetivação do pagamento da taxa. Candidatas gestantes, lactantes, idosos e portadores de deficientes também podem realizar a prova e requisitar atendimento especial, caso necessário. Hoje, o enem é, inclusive, aplicado em vídeo, para as pessoas com deficiência que realizam o exame em libras.


Formato e conteúdo das provas


O ENEM adota um formato de prova múltipla escolha, onde as questões abrangem todo o conteúdo previsto para os três anos de ensino médio. As questões são divididas em quatro grandes categorias do conhecimento, com 45 questões cada:


  1. Ciências Humanas e suas Tecnologias - abrange as disciplinas de História, Geografia, Filosofia e Sociologia;

  2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias - abrange as disciplinas de Química, Física e Biologia;

  3. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias - abrange as disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura, Artes e Língua Estrangeira, podendo o candidato optar entre Inglês e Espanhol; e

  4. Matemática e suas Tecnologias - abrange questões de matemática


O primeiro dia de provas tem uma duração de quatro horas e meia, no turno da tarde, e abrange 90 questões de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. No domingo subsequente, será a vez de 90 questões de Linguagens e Matemática. No segundo dia, também é aplicada a prova de redação e por isso, os candidatos contam com cinco horas e meia de prova.


A prova de redação consiste em um texto dissertativo-argumentativo de até trinta linhas sobre o tema dado. Tradicionalmente, os temas selecionados pelo Inep versam sobre questões políticas, culturais ou sociais e sempre geram um grande debate na mídia quando divulgados. Confira os temas das últimas cinco edições do ENEM:


  • 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

  • 2017: Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil

  • 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil

  • 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

  • 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil


É importante saber que até 2017, as redações do ENEM que desrespeitavam direitos humanos recebiam a nota zero. Desde então, o grau zero será dado apenas para a competência 5. Caso queira saber mais sobre essa decisão, confira.


Por que prestar o ENEM?


Ainda que não seja obrigatória a sua realização, o ENEM 2019 reuniu mais de 6 milhões de inscritos em decorrência da sua utilização por todos que estão em busca de uma educação superior, no Brasil ou fora. Então por que prestar o exame?


  1. Necessário para o ingresso nas universidades federais através do Sisu

  2. Necessário para o Prouni e Fies - Os programas do Governo Federal exigem o ENEM. O Prouni é o programa de bolsas de estudo para os estudantes de baixa renda e o Fies é o de financiamento estudantil.

  3. Pode ser utilizado para ingresso em universidades de Portugal - Inúmeras universidades portugueses aceitam a nota obtida no ENEM como critério de ingresso. Confira a lista no site do Inep.


Agora que você já sabe como funciona o ENEM, poderá tomar uma decisão mais consciente sobre prestar ou não o exame. Conheça nossa página dedicada aos estudos do ENEM.


Boa prova!


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.