text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Comunicação Social - Publicidade e Propaganda: por que e onde cursar?

      
O planejamento de campanhas publicitárias é uma das possíveis áreas de atuação dos formados em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.
O planejamento de campanhas publicitárias é uma das possíveis áreas de atuação dos formados em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.  |  Fonte: iStock

O Brasil é o maior mercado publicitário da América Latina, certamente um espaço de muitas oportunidades, que emprega milhares de profissionais e movimenta bilhões de reais. 


Segundo dados das 78 maiores agências brasileiras da área, reunidos pelo Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp), o investimento em publicidade no país foi de mais de R$ 16 bilhões em 2018. O início de 2019 também mostrou um crescimento positivo desse mercado, de acordo com o Latin America Ad Spending.


Os profissionais de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda podem trabalhar em diversas áreas e organizações, sendo possível encontrar diferentes possibilidades de atuação, especialmente nos grandes centros urbanos do país. Os publicitários brasileiros têm um salário médio entre cerca de R$ 1.300 e R$ 2.300, segundo dados dos sites da Catho e do Glassdoor


Para indivíduos criativos, dedicados, que gostam de trabalhar em equipe e não se importam em fazer hora extra e correr contra o tempo, essa pode ser uma boa opção profissional. Mas o que faz, afinal, um publicitário? E que curso fazer para atuar nessa área? Descubra agora!

Comunicação Social - Publicidade e Propaganda: áreas de atuação

Profissionais da área de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda são responsáveis pela concepção, elaboração, planejamento e reprodução de materiais de divulgação e propaganda, de forma a difundir ideias, mercadorias ou serviços.


Na prática, isso pode significar uma série de atividades diferentes, desde a criação da identidade visual e do Design Gráfico de uma peça publicitária até o planejamento de como será realizada a distribuição da campanha.


Formados em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda podem atuar em diversas funções e em diferentes organizações. Agências publicitárias, departamentos de comunicação de empresas, veículos de comunicação, produtoras, editoras, órgãos públicos, partidos políticos e até mesmo ONGs são alguns dos locais de trabalho mais comuns entre os graduados nesse curso.


Quanto às áreas de atuação, podemos destacar as seguintes:


  • Atendimento: profissional responsável pelo atendimento ao cliente.

  • Pesquisa de mercado e de opinião: busca conhecer os públicos-alvos e tornar as campanhas mais eficazes.

  • Planejamento: área que traça uma estratégia para a criação e divulgação da campanha.

  • Criação: quem elabora as peças publicitárias. Inclui, por exemplo, redatores (responsáveis por textos e roteiros) e diretores de arte (responsáveis pela concepção visual ou audiovisual).

  • Mídia: responsáveis pela distribuição da campanha publicitária em diferentes mídias, que podem ser emissoras de televisão, jornais, estações de rádio, podcasts, redes sociais, entre outras.


Embora isso não seja comum em agências publicitárias, em outros locais de trabalho é possível que um mesmo profissional atue em várias das áreas acima citadas.

Cursos de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda

Para ser um bom profissional de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda não basta ser criativo, embora essa qualidade seja certamente muito útil. É importante adquirir uma série de conhecimentos a respeito da teoria e prática da profissão, bem como da sociedade e cultura em que está inserido o público que se deseja alcançar.


Com quatro anos de duração, o bacharelado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda geralmente inclui um conjunto de disciplinas introdutórias do campo das Humanidades e das Artes, além das específicas da área profissional, como:


  • Teoria da Comunicação,

  • Comunicação Visual,

  • Criação Publicitária,

  • Marketing,

  • Psicologia do Consumo,

  • Redação Publicitária,

  • Pesquisa de Mercado,

  • Semiótica,

  • entre outras.


Interessados em fazer um curso de nível superior na área também podem optar por um tecnólogo em Publicidade e Propaganda, uma graduação com duração mais curta – geralmente dois anos – e com maior ênfase na prática e menor na teoria e na pesquisa.


Nos cursos de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda de forma geral são de grande importância os projetos de extensão e laboratórios, bem como os materiais disponibilizados aos alunos, já que equipamentos de fotografia, filmagem, gravação de áudio e edição são frequentemente essenciais para o estudo e a prática dessa formação profissional. Os estágios também são bastante valorizados pelo mercado na hora de selecionar candidatos.


Confira algumas opções de instituições de ensino superior bem-conceituadas para estudar Publicidade e Propaganda no Brasil:


  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);

  • Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM);

  • Universidade de São Paulo (USP);

  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP);

  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);

  • Faculdade Cásper Líbero (FCL);

  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);

  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS);

  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);

  • Universidade de Brasília (UNB).


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.