text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Vale a pena fazer Arquitetura e Urbanismo à Distância?

      
A graduação de arquitetura à distância possui a mesma duração mínima de 5 anos para a formação de seus bacharéis.
A graduação de arquitetura à distância possui a mesma duração mínima de 5 anos para a formação de seus bacharéis.  |  Fonte: iStock

A graduação de Arquitetura e Urbanismo atualmente ocupa a 9ª posição entre os 10 cursos mais procurados pelos jovens brasileiros. Em 2017, o Ministério da Educação (MEC) autorizou o primeiro curso de Arquitetura e Urbanismo à distância. Por ser uma opção bastante recente, essa graduação ainda possui uma oferta limitada nesta modalidade e é ainda pouco conhecida pelos jovens como uma opção.


É interessante destacar que a disponibilização dos cursos de arquitetura recebeu muitas críticas por parte das instituições de arquitetura, que não queriam reconhecer o diploma dos graduandos que cursaram o EAD. No início de 2019, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil se pronunciou negando os registros para todos aqueles que apresentarem o diploma da graduação à distância.


Como é o curso de Arquitetura e Urbanismo à distância?


A graduação de arquitetura à distância possui a mesma duração mínima de 5 anos para a formação de seus bacharéis. Ainda que o curso esteja inserido dentro da modalidade de educação à distância, ele não é totalmente cursado de casa. 


Na verdade, as disciplinas meramente teóricas são oferecidas online enquanto outras, onde é necessária a elaboração prática de projetos, devem ser acompanhadas presencialmente no polo da instituição. Por tal razão, algumas faculdades informam que o curso de arquitetura e urbanismo à distância na verdade corresponde a uma modalidade semipresencial.


Assim, é certo que na sua escolha de faculdade, você deve considerar a facilidade para os eventuais deslocamentos que devem ocorrer para algumas disciplinas. Falando em matérias, o curso de arquitetura prevê disciplinas em sua matriz curricular como:


  • História da Arte e Estética;

  • Arquitetura Brasileira

  • Estudos Sociais e Econômicos

  • Paisagismo

  • Sustentabilidade 

  • Modelos e Maquetes

  • Instalações Hidrossanitárias

  • Instalações Elétricas de Baixa Tensão

  • Projeto Arquitetônico: Institucional e Corporativo

  • Planejamento Urbano e Regional

  • Informática Aplicada à Arquitetura e Urbanismo

É interessante analisar as matérias abrangidas pelo curso de arquitetura e urbanismo à distância e perceber que, a um primeiro olhar, muitas exigem um conhecimento mínimo de desenho. Mas será que isso é verdade? 


Na realidade, o papel do arquiteto não é desenhar, mas sim planejar. Hoje, existem diversas ferramentas que a informática oferece para auxiliar os profissionais que não têm a mesma facilidade com o desenho, mas que mantém o amor pela arquitetura.


Vale a pena cursar Arquitetura e Urbanismo à distância?


Uma dúvida muito comum dos jovens que vão prestar o vestibular ou ENEM pensando em cursar arquitetura é se devem considerar as faculdades que oferecem o curso na modalidade EAD. 


O primeiro ponto a ser dito é que, independente do curso que você vá prestar, você precisa ter certeza de que a instituição está autorizada pelo MEC para ofertar aquele curso. Para realizar esta consulta, basta acessar o site do eMEC e fazer a sua busca. Os cursos autorizados, seja na modalidade presencial ou EAD, possuem o mesmo valor para o seu diploma e são considerados válidos.


No entanto, como já dito, a modalidade à distância autorizada em 2017 foi alvo de muitas críticas por grandes instituições do ramo como o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e a Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA). O principal argumento adotado por ambas as organizações é de que o curso de graduação em arquitetura não seria compatível como a modalidade à distância. 


A IAB divulgou uma carta enviada ao MEC onde ressalta a necessidade de maior rigor na formação do arquiteto em função de sua íntima relação com a construção de obras e a exposição da vida das pessoas em risco. A ABEA também divulgou carta semelhante no qual clama pelo fechamento imediato das faculdades de arquitetura e urbanismo à distância.


Diante de toda essa reação e da negativa de registro junto ao Conselho para os concluintes da modalidade EAD, é interessante acompanhar esse debate que ainda é muito recente antes de tomar qualquer decisão. É certo que os cursos à distância já são uma realidade cada vez mais presente no Brasil e devem ser adaptados para garantir a qualidade dos cursos à distância da mesma forma que já existe nos cursos presenciais.


Atualmente existem cerca de dez faculdades de arquitetura à distância e você pode pesquisar algumas opções antes de decidir se vale a pena cursá-la. Tenha em mente o quão importante é tomar uma decisão consciente quando se trata do nosso futuro.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.