text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Tudo que você precisa saber sobre visto de estudante

      
Os vistos de estudante são exigidos para realização de cursos no exterior.
Os vistos de estudante são exigidos para realização de cursos no exterior.  |  Fonte: iStock

O que é e para que serve o visto de estudante


O visto de estudante nada mais é do que uma autorização para estudar em outro país. Ainda que pareça óbvio, muitos desconhecem quais são as situações que de fato necessitam e, principalmente, como e quando solicitar o visto de estudante.


O visto, de modo geral, é um documento emitido por um país soberano dando a permissão ao seu portador de ingressar no território nacional por um determinado tempo e com um objetivo. Existem diversos tipos de visto, como de trabalho, estudos, turístico e de permanência, e cada um deles terá exigências diversas para sua concessão. 


Também é interessante lembrar que muitos países não exigem vistos para viagens turísticas em decorrência de acordos bilaterais internacionais, mas não há a mesma dispensa quando o propósito é de realizar cursos ou trabalhar.


Importante: A concessão de um visto é um ato totalmente discricionário do país emissor, que não tem qualquer obrigação em concedê-lo, ainda que o solicitante reúna todos os documentos exigidos.


Assim, você deve estar atento para os requisitos de emissão de um visto de estudante caso esteja considerando estudar fora nas diversas opções que o mundo globalizado hoje oferece:


  • Intercâmbio no Ensino Médio;

  • Intercâmbio Universitário;

  • Mestrado ou Doutorado;

  • Pós Graduações e MBAs presenciais (Existem ainda cursos online onde não há exigência do visto de estudante);

  • Cursos de idiomas, em alguns casos; e

  • Cursos livres, em alguns casos.


Importante: A exigência de vistos de estudante para cursos de idiomas e livres variam de acordo com a carga horária e a duração. Os países que compõem os principais de destinos de estudantes brasileiros adotam critérios diferentes, então fique atento:


  • Canadá - Requer o visto de estudante apenas para cursos com duração superior a 6 meses.

  • Inglaterra - Não exige visto de brasileiros para o ingresso no país por até 6 meses, o que também abrange os interessados em realizar algum curso dentro deste período.

  • Austrália e Nova Zelândia - Dispensa o visto de estudante para cursos com duração inferior a 3 meses.

  • EUA - Considera a carga horária semanal do curso como um dos critérios, independente da sua duração. O interessado deve solicitar o visto de estudante para cursos com mais de 18 horas de aulas por semana.

  • França - Há exigência de visto de estudante para cursos com duração superior a 90 dias.


O que ficar atento quando for tirar seu visto de estudante


Caso você já tenha decidido o seu destino de estudos e o curso que deseja fazer, o primeiro passo é verificar se há necessidade da emissão do visto de estudante ou se ele é dispensado. Normalmente, as agências de intercâmbio oferecem uma consultoria e já sabem informar se há necessidade e quais são os trâmites a serem seguidos. 


É muito importante que você escolha apenas agências de intercâmbio que você tenha referências e evite dores de cabeça com problemas como golpes e fraudes. Eles existem e, normalmente, só descobrimos que fomos enganados quando já é tarde demais.


A emissão de um visto, como já dito, pode ser negada sem qualquer justificativa, o que ocorre com frequência em casos onde há suspeita de que o real interesse do viajante seja de permanecer ilegalmente após seu período de estudos. 


Portanto, se você quer aumentar suas chances de obtenção do seu visto, apresente documentos que comprovem seu vínculo com seu país natal, como:


  • Emprego fixo, comprovado por contracheques e carteira de trabalho, também evidenciam sua intenção de retorno após os estudos;

  • Imóveis e patrimônio;

  • Laços familiares sólidos;

  • Demonstrativos financeiros elevados mostram que você tem interesse em retomar sua vida no Brasil e que pode arcar com o curso que você pretende fazer.


No dia da entrevista de solicitação do visto, leve sua documentação completa e fique tranquilo. Muitas pessoas têm seus vistos negados pelo nervosismo de falar com um agente de um governo estrangeiro e acabam passando a impressão de que estão mentindo através de sua linguagem corporal.

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.