text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O que é biotecnologia?

      
Fonte: Shutterstock

Quer saber mais sobre a área, o mercado de trabalho e o funcionamento do curso? Descubra agora no post que preparamos para você.  

Quais as áreas de atuação profissional?

Primeiro, é importante saber que a biotecnologia está mais presente em sua vida do que você imagina. Entre as aplicações da biotecnologia está a modificação e melhoria dos alimentos que consumimos todos os dias como, por exemplo, o iogurte que bebemos no café da manhã. Para que esses alimentos sejam mais benéficos, os especialistas aplicam um processo biotecnológico que consiste em aumentar o número de microrganismos presentes em sua composição. Outro exemplo são as bebidas fermentadas, como a cerveja e o vinho, que também passam por esse processo.

Por se tratar de um universo muito novo, essa área da ciência vem sendo pauta de discussões entre os especialistas há alguns anos, principalmente por conta da produção de alimentos transgênicos, ou geneticamente modificados. O processo consiste em “melhorar” a comida em laboratório, agregando novas propriedades, aumentando sua durabilidade, sua resistência a pragas e mudanças climáticas, entre outros benefícios. O que se questiona é a segurança dessas modificações e suas consequências para o corpo humano e o meio ambiente.

Além dos alimentos, os estudos em biotecnologia podem ser aplicados a outras diversas áreas; no combate a doenças nocivas, como o câncer, e na investigação de crimes difíceis de serem solucionados. Por isso, muitos acreditam que a biotecnologia é a ciência do futuro, com poder de modificar profundamente a humanidade.

Como é o curso em biotecnologia?

O curso em biotecnologia enquadra-se no ramo da Biologia Aplicada e tem como formação transversal conhecimentos em Química, Física, Matemática e Informática. Além, é claro, da própria Biologia. É preciso entender tanto sobre microrganismos quanto sobre estatística e informática para ser um bom profissional.

O maior foco está no estudo da genética e das interações entre seres vivos; tais conhecimentos serão utilizados na fabricação e no melhoramento de produtos. O aluno aprenderá, em uma formação bastante prática, como avaliar as interações entre microrganismos e o uso da tecnologia nesses processos, testando reações químicas e fisiológicas, por exemplo.

Algumas áreas de estudo e disciplinas que formam o curso são:

  • biossegurança;

  • farmacologia;

  • biologia celular;

  • microbiologia;

  • biomecânica;

  • biologia vegetal;

  • bioinformática.

A depender da ênfase do curso e do interesse do aluno, a formação direciona-se para um determinado segmento desse campo.

O curso, na maioria das vezes, é oferecido no formato de bacharelado. A formação dura, em média, 4 ou 5 anos. Boa parte da carga horária é gasta em laboratórios, com atividades práticas e desenvolvimento de pesquisas, especialmente a partir do segundo ano do curso.

Como é a inserção no mercado de trabalho?

Como se trata de uma profissão bastante promissora e com tendência de crescer no futuro, o mercado de trabalho absorve os profissionais formados em Biotecnologia com facilidade.

No Brasil, existem poucos cursos em biotecnologia, o que acarreta na limitação do número de formados especialistas na área. Dessa forma, há bastante procura por parte do mercado, que está em ascensão, e há poucos profissionais capacitados para ocuparem esses cargos.

Como exemplos, podemos destacar algumas áreas de atuação:

  • saúde, trabalhando com medicamentos e vacinas;

  • agricultura, com o desenvolvimento de plantas geneticamente modificadas;

  • indústria de alimentos e de cosméticos, melhorando, testando e criando produtos;

  • setor de biocombustíveis, avaliando e controlando os processos químicos desses produtos.

Grande parte dos profissionais são contratados pelo setor privado, principalmente por grandes companhias e empreendimentos de larga escala. Isso é visto com bons olhos por esses profissionais, que vislumbram a possibilidade de crescimento e ascensão na carreira, inclusive com experiências internacionais.

Tais oportunidades levantam um ponto que é essencial para a formação desse profissional: o conhecimento de outras línguas, principalmente do inglês. Saber outro idioma auxilia tanto durante o curso, no contato com textos e pesquisas que não foram traduzidos para o português, quanto no aprimoramento do currículo para pleitear oportunidades em empresas com atuação internacional.

Como posso descobrir mais sobre o curso e a profissão?    

Alguns fatores sociais explicam o porquê dessa ser uma profissão do futuro: além da sociedade ter se tornado cada vez mais exigente em relação aos produtos que consome, a redução de recursos naturais e o crescimento da população têm exigido mais criatividade para suprir as necessidades básicas, como as da própria alimentação e do controle de doenças. Inovação e originalidade são palavras de ordem nesse campo.

Para apresentar melhor a profissão e auxiliar os pré-universitários interessados nessa carreira, a série de vídeos para a web La Carrera Especial, produzida pelo Banco Santander foi até o México para conversar com especialistas da área.

Entre os entrevistados está o estudante de engenharia da biotecnologia Jorge Arturo Soriano, de 21 anos, que cursa a graduação na Universidad Popular Autónoma del Estado de Puebla. Graças à série documental, Jorge visitou o Laboratório Nacional de Genética para a Biodiversidade (LANGEBIO), na cidade de Irapuato, no México. Lá o aluno conversou com o Doutor em biologia molecular e genética das plantas, Luis Rafael Herrera, que deu todas as dicas para quem deseja estudar biotecnologia, esclarecendo as dúvidas sobre a profissão.

Para saber mais, assista ao quarto episódio da série La Carrera Especial, em espanhol, e aprenda um pouco mais sobre essa carreira do futuro.

Como você viu, o curso em Biotecnologia é bastante rico e oferece uma formação multidisciplinar. O mercado de trabalho também é amplo, com oportunidades de atuação em diferentes segmentos, o que ajuda na hora de conseguir um bom emprego.

Se você gostou do nosso post e quer saber mais sobre as tendências do mercado de trabalho e oportunidades de formação, curta nossa página no Facebook.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.