text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Aprenda a ser um chef de cozinha com os jurados do MasterChef

      
Fonte: Divulgação/TV Bandeirantes
Nesta terça-feira (4), às 22h30, na TV Bandeirantes, acontecerá a estreia de mais uma temporada brasileira do MasterChef. Pela primeira vez, o programa de culinária trará competidores profissionais, que já atuam no mercado gastronômico e estão em busca de um maior reconhecimento do seu trabalho dentro das cozinhas.

Leia também:
» 7 discretas qualidades que são essenciais para o sucesso
» 3 lições de carreira direto da cozinha

Ao contrário das edições passadas, em que os competidores eram amadores e “cozinheiros de final de semana”, no MasterChef Profissionais, os jurados Paola Carosella, Henrique Fogaça e Érick Jacquin vão avaliar o trabalho de pessoas que se formaram em importantes escolas e restaurantes ao redor do mundo e dedicam sua vida profissional à arte de cozinhar.

Se você é um estudante de gastronomia ou está pensando em cursar a carreira quando chegar à universidade, confira algumas opiniões e conselhos dos jurados do MasterChef para quem quer ser um chef profissional e entenda as características essenciais para trilhar uma carreira na área da gastronomia.

Características de um chef profissional

Durante a coletiva de imprensa do lançamento do programa, os jurados citaram algumas características que diferenciam os chefs profissionais dos amadores. Para Henrique Fogaça, a habilidade com os utensílios é uma delas. “Eu reconheço um cozinheiro profissional pelo jeito que ele pega na faca”, disse.

A chef Paola Carosella disse que um profissional se diferencia dos demais por sua postura dentro da cozinha. Já o chef Jacquin, que tem fama de durão e não costuma facilitar as coisas para quem está, literalmente, colocando a mão na massa, citou a capacidade de lidar com a pressão como a principal característica de um chef profissional.

Carreira em gastronomia

Quando pensamos no ambiente de trabalho de um profissional da gastronomia, já imaginamos a rotina intensa das cozinhas, com grande quantidade de trabalho e necessidade de entregas rápidas e soluções urgentes para os problemas que vão aparecendo. Juntos, esses fatores criam uma atmosfera de bastante tensão, tornando a resiliência uma característica essencial para os jovens que desejam seguir carreira nessa área.

Segundo Paola Carosella, a pressão é de fato uma realidade no ambiente de trabalho de um cozinheiro e é preciso aprender a lidar com essa situação. “Qualquer cozinheiro profissional está acostumado a lidar com a pressão, que é uma constante no nosso cotidiano”, comenta a chef.

O que procuram em um grande chef

Segundo os jurados e os produtores do programa, nesta temporada, a seleção do elenco de cozinheiros foi muito mais criteriosa e apurada, incluindo testes mais específicos e até um maior número de etapas de avaliação.

As provas também terão um maior nível de dificuldade, chegando a ter entre três e quatro horas de duração. Agora, os competidores deverão apresentar maiores conhecimentos sobre técnicas de gastronomia e receitas icônicas, como é o caso do bolo Gateu Ópera, um clássico da pâtisserie francesa, de execução bastante difícil e que será um dos primeiros desafios propostos pelos jurados.

Além da necessidade de um alto nível técnico, a chef Paola aponta outra característica essencial a um bom chef de cozinha, que é tão ou mais importante que a primeira: antes de conhecer receitas difíceis, um cozinheiro profissional precisa ter a capacidade de executar pratos simples com excelência.

E aí, você acha que está pronto para seguir carreira em gastronomia? Conte nos comentários!

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.