text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como elaborar uma marca pessoal para conseguir emprego

      
Para reforçar a sua marca pessoal, seja uma pessoa responsável na hora de cumprir com os prazos dos projetos
Para reforçar a sua marca pessoal, seja uma pessoa responsável na hora de cumprir com os prazos dos projetos
  • A marca pessoal pode ser definida como a imagem profissional, os valores que se projetam e a forma de fazer as coisas.
  • A marca pessoal te faz lembrar que é você o seu principal produto; você é o mais importante em uma entrevista de trabalho do que o seu próprio currículo.
  • Para potenciar a sua marca pessoal você tem que identificar aquilo que te diferencia dos demais.

A marca pessoal ou o personal branding aumenta a sua visibilidade, especialmente no contexto global, onde muitos recrutadores procuram os candidatos através do Google.

Qual é a informação que aparece sobre você neste buscador? Esta informação está diretamente vinculada com a sua própria marca pessoal. Graças a esta visibilidade como especialista, você pode receber diretamente propostas de colaboração por parte de empresas que estão interessadas em trabalhar com você.

Ou seja, sob esta perspectiva, o processo de procura por um emprego não se reduz ao envio de currículos, mas que você possa receber propostas diretamente. Esta é a definição de marca pessoal. Esta marca não é inata, e sim criada.

Conselhos de personal branding:

Cuide da sua vida privada nas redes sociais

Faça um uso profissional dos seus perfis sociais, transformando estes elementos em uma vitrine das suas inquietudes profissionais.

Isto significa que você deve ser alguém impessoal? Não, de fato, cada vez mais empresas consultam as publicações no Instagram de um candidato para descobrir informação sobre o seu estilo de vida.

Neste caso, tente mostrar inquietações culturais nesta rede social, como por exemplo, seus planos para ir ao cinema ou as suas leituras. As suas atividades de lazer também falam muito sobre você.

Nunca deixe de aprender

Adote a postura de ser um constante aluno na escola da vida. Ou seja, mesmo que você terminou os seus estudos, ainda falta muito para você aprender. Por esta razão, leia todos os dias os jornais para estar informado da atualidade, assista a cursos de formação, participe em eventos de networking e disfrute dos livros da sua temática profissional.

Crie o seu próprio blog

Se você ainda não tem, comece a pensar em criar o seu blog pessoal. Para que o blog melhore realmente a sua marca pessoal é muito importante que a temática do mesmo esteja diretamente relacionada com o seu perfil profissional.

Através do blog você pode cuidar da sua carta de apresentação por meio da realização de uma apresentação profissional, a publicação de conteúdos de valor nos quais você pode se posicionar como especialista e a criação de vínculos de fidelidade com os seus leitores quando você responde os seus comentários.

Um blog te obriga a aprender constantemente para poder renovar os seus conhecimentos e ideias. Cuide não só do conteúdo do seu blog, mas também o seu formato. Procure fotografias de qualidade que possam acrescentar informação complementar do texto.

Qualidade mais que quantidade no LinkedIn

Não basta estar no LinkedIn. O importante é que você faça um uso profissional desta rede. Para isso a sugestão é que você não se deixe levar simplesmente pela ambição de ter um número grande de contatos, mas sim priorizar a qualidade.

Realize publicações em revistas especializadas do seu sector

Um dos pontos mais importantes para construir uma marca pessoal é que você tenha publicações nas revistas especializadas sobre o seu setor.

Crie cartões de visita

Desenhe os seus próprios cartões de visita para aproveitar, inclusive os espaços de networking nos quais você não tem a oportunidade de se deter com essa pessoa durante muito tempo para explicar no que você trabalha. Os cartões de visita são uma ferramenta de síntese.

Identifique as suas fortalezas e os seus pontos fracos

Do ponto de vista do coaching é fundamental que você reflita quais são as suas fortalezas e pontos fracos. O personal branding exige um processo prévio de autoconhecimento.

Nove conselhos para melhorar a sua imagem “on-line”

1. Tenha claro quais são os seus objetivos.

2. Seja honesto: não aumente a sua formação ou a sua experiência profissional.

3. Mantenha o seu perfil atualizado.

4. Cuide a qualidade e o conteúdo das imagens.

5. Releia o que foi escrito antes de publicá-lo e revise a ortografia.

6. Escreva sobre o que você sabe. Você estará exposto a que te leiam especialistas em todas as matérias.

7. Emita a sua própria opinião e respeite todos os pontos de vista.

8. Responda todas as mensagens. Você nunca sabe quem está por detrás.

9. Transmita claramente com qual valor você pode contribuir. Fuja da autopromoção.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.