text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

10 habilidades indispensáveis para o emprego do futuro

      
Os robôs não roubarão os nossos trabalhos, mas sim os transformarão
Os robôs não roubarão os nossos trabalhos, mas sim os transformarão
  • Para encarar o mundo laboral e o futuro é preciso fomentar as competências e as habilidades pertinentes que a era digital exige.
  • Atualmente, 81% dos CEO procuram uma gama mais ampla de habilidades na hora de contratar funcionários, diferentemente do que acontecia no passado.
  • As habilidades de tecnologia são muito demandadas, já que mais da metade dos líderes empresariais acreditam que integrar as tecnologias digitais em toda a organização é essencial para o sucesso.

Cada vez mais a tecnologia digital se apodera dos lugares de trabalho e vemos como setores inteiros digitalizam os seus modelos de negócio. Entretanto, as pessoas sempre serão as que farão a diferença não hora do sucesso ou do fracasso. 

1. Pensamento crítico

O pensamento crítico é uma capacidade superior que não pode ser codificada por uma máquina, por isso são demandadas habilidades sensoriais que ajudam a criar uma visão única e critica para tomar decisões. Treine a sua mente para pensar de forma crítica.

2. Inteligência social

É importante ter a capacidade para conectar com os demais de maneira direta e profunda para detectar e estimular reações e interações desejadas. As empresas valorizam os profissionais que avaliam rapidamente as emoções das pessoas à sua volta e adaptam as suas palavras, o seu tom e os seus gestos.

3. Pensamento inovador e adaptativo

É contar com a habilidade do pensamento para dar soluções e respostas além do rotineiro ou do que ditam as regras. Os trabalhos onde haverá mais demanda serão aqueles que requerem uma capacidade de adaptação à situação e à inovação.

4. Competência intercultural

Além de dominar vários idiomas, se você quiser trabalhar em diferentes ambientes culturais você vai precisar de uma grande capacidade de adaptação às circunstâncias cambiantes e ser capaz de detectar e responder aos novos contextos.

5. Domínio do Big Data

Tornou-se imprescindível contar com a capacidade para traduzir grandes quantidades de dados abstratos e compreendê-los. Além dos dados, as simulações também são importantes quando aparecem na toma de decisões.

Os dados não são infalíveis, eles são uma aproximação da realidade. E quando existe uma ausência de dados, as empresas valorizam os funcionários que não ficam paralisados porque não há um algoritmo que oriente as suas decisões.

6. Comunicação mediática

Esteja preparado para desenvolver conteúdo que você encontrar em diferentes canais de comunicação e utilize-o como elemento de persuasão. Atualmente quem guia e influencia na vida social e laboral são os social media, os vídeos, os blogs e os podcast.

É importante que você saiba avaliar o conteúdo dos vídeos da mesma maneira que analisa um documento escrito ou uma apresentação.  

7. Combinar várias disciplinas

O século XX se caracterizou pela especialização e, neste século, o protagonista será o enfoque multidisciplinar. Observamos isto nas novas áreas de estudo, como a nanotecnologia, que combina a biologia molecular, bioquímica, química de proteínas e outras especialidades.

8. Mentalidade criativa

As empresas precisam de colaboradores que representem e desenvolvam métodos de trabalho focados em resultados. Embora o ambiente de trabalho também influa e impacte no alcance dos objetivos, os novos profissionais têm que ser capazes de desenhar ambientes de ajudem na obtenção de resultados

O funcionário do futuro deve ser um especialista em reconhecer o tipo de pensamento que requer a realização de diferentes tarefas e fazer ajustes no ambiente de trabalho com o objetivo de melhorar o rendimento.

9. Gestão do conhecimento

Para ser eficiente, é preciso que o funcionário seja capaz de desenvolver a habilidade de estruturar, classificar e etiquetar a informação para tirar vantagem da entrada massiva de dados.

10. Colaboração virtual

Devido à utilização de equipes virtuais, deve-se desenvolver a capacidade de trabalhar de forma produtiva individualmente e demonstrar que se está presente e que se participa na tomada de decisões. O líder de uma equipe virtual deve desenvolver estratégias para envolver e motivar uma equipe dispersa em diferentes países ou lugares.

As habilidades mais demandadas pelas empresas no Brasil

Ebook: As habilidades mais demandadas pelas empresas no Brasil

A formação acadêmica não basta. Uma carreira de sucesso une a qualificação e as habilidades adquiridas a partir da inteligência emocional. Mas, quais as habilidades mais valorizadas no ambiente corporativo?

Inscreva-se e baixe este eBook gratuitamente


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.