text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Linguagem de programação: confira um guia completo e sem complicação

      
Descomplicando a linguagem de programação
A programação não é nenhum bicho de sete cabeças – embora possa parecer um à primeira vista.  |  Fonte: iStock

Embora você use computadores, tablets e smartphones o tempo todo, é possível que não saiba quase nada sobre a linguagem binária desses dispositivos, nem sobre a linguagem de programação necessária para que os mais diversos usuários sejam capazes de realizar tarefas e utilizar programas em seus aparelhos.


No entanto, é altamente recomendável aprender sobre o assunto. Afinal, nossa vida depende cada vez mais de computadores, softwares e da Internet. A linguagem de programação é mais importante para o nosso cotidiano do que percebemos. Além disso, aprender a programar não só vai estimular a sua capacidade de raciocínio e resolução de problemas, como pode guiar você rumo a uma carreira bem-sucedida.


Para saber mais sobre linguagem de programação, conhecer as linguagens mais populares e descobrir opções de sites com cursos na área, confira este nosso guia descomplicado sobre o tema.

O que é linguagem de programação?

A linguagem de programação se trata de instruções lógico-matemáticas, transmitidas a um computador para que ele execute tarefas e softwares. De acordo com o site de informática Becode, “linguagens de programação são padrões de codificação binária, com sintaxe e semânticas específicas, que funcionam como um intermediário entre humanos e computadores”.


Em outras palavras, a linguagem de programação não é nada mais do que uma interface que facilita aos humanos acessarem e controlarem tarefas executadas por circuitos eletrônicos, ou seja, por computadores e dispositivos semelhantes, como celular e tablet.


A linguagem primária dos computadores é o código binário, isto é, sequências de 0 e 1 que, em diversos arranjos, comunicam instruções para os computadores. Porém, a linguagem binária é complexa demais para a compreensão humana. Por isso, os programadores desenvolveram a linguagem de programação, que cumpre o papel de intermediário entre os seres humanos e os computadores, entre o código binário e a nossa linguagem.


O programador, também chamado de desenvolvedor, é o profissional que escreve códigos por meio da linguagem de programação escolhida. Esses códigos, quando finalizados, são transformados em uma aplicação, que pode ser um programa de computador, um site ou simplesmente uma rotina para automatizar tarefas repetitivas.

Breve histórico da linguagem binária

Apesar de sistemas binários numéricos possuírem uma origem bastante antiga, tanto na Índia quanto na China, o criador do sistema binário moderno foi o filósofo alemão Gottfried Leibniz, no século XVIII. Foi Leibniz quem demonstrou que toda a realidade e pensamento são redutíveis a combinações numéricas de 0 e 1.


A história da linguagem binária ganhou um novo impulso no século XIX, através do matemático George Boole, que denominou o seu sistema de Álgebra Booleana. Boole reduziu operações matemáticas a operações lógicas de dois dígitos ou estados, como "sim ou não", "ligado ou desligado", "verdadeiro ou falso", "1 ou 0".


Em 1937, Claude Shannon, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), completou o processo da linguagem binária ao publicar sua dissertação de mestrado sobre a aplicação da Álgebra Booleana a circuitos elétricos. Estes foram, resumidamente, os cientistas que contribuíram com suas ideias para a formação do que viria ser a linguagem binária da computação. Trocando em miúdos, foi assim que se formou a linguagem dos computadores.


Existem vários tipos de linguagens de programação. A linguagem de programação de alto nível, ou seja, a que se aproxima mais da linguagem humana do que da linguagem da máquina, é a mais utilizada. Muitas linguagens de programação de alto nível já se tornaram nomes familiares, mesmo entre os leigos, como Java e Python. Conheça as principais delas, a seguir.

Linguagens de programação mais populares

De acordo com uma pesquisa de abril de 2020 da empresa Tiobe, as linguagens de programação de alto nível Java, C e Python são as mais populares no mundo. Completam a lista das 10 linguagens mais utilizadas: C++, C#, Visual Basic, JavaScript, PHP, SQL e R. Saiba mais sobre cada uma delas, a seguir.

1. Java

Criada nos anos 1990 como uma linguagem de programação orientada a objetos, foi adotada mais rapidamente do que qualquer outra linguagem na história da computação. Ela pode ser usada em diversas plataformas e possui sintaxe semelhante à das linguagens C e C++.

2. C

A linguagem C pode ser usada para qualquer tipo de projeto e em qualquer plataforma. É simples e flexível e influenciou muitas outras linguagens de programação.

3. Python

Utilizada na informática científica, na extração de dados e para o aprendizado de máquina (machine learning), a linguagem python é o nicho de maior crescimento na indústria informática, especialmente em países de alta renda.

4. C++

Desenvolvida em meados dos anos 80, a linguagem C++ foi desenvolvida para dotar a C da execução de programação orientada a objetos, além da programação estruturada.

5. C#

Desenvolvido pela Microsoft no ano 2000, a C# é um upgrade das linguagens C/C++. Pode ser considerada um conjunto das melhores características de Java, C e C++.

6. Visual Basic

Esta linguagem de programação também foi criada pela Microsoft. Costumava ser muito usada em ambientes corporativos, mas perdeu espaço para a Java nos últimos anos.

7. JavaScript

A JavaScript é a “linguagem da web”. É muito usada, por exemplo, para criar sites dinâmicos. Também é comum encontrar widgets desenvolvidos em JavaScript, como relógios, contadores de visitas, minichats, calculadoras, entre outros.

8. PHP

PHP é uma linguagem do ambiente web que se executa do lado do servidor. Foi uma das pioneiras na execução do lado do servidor e, ao mesmo tempo, incorporação em um código HTML. É necessário um módulo que processe PHP no servidor para ser executada.

9. SQL

A Structured Query Language é uma linguagem standard de acesso às bases de dados relacionais, que permitem realizar buscas com base no uso da álgebra e cálculos relacionais. Desta forma, recupera-se informação dessas bases de dados de maneira simples, mediante comandos que selecionam, atualizam e situam os dados.

10. R

A R é uma linguagem que está ganhando popularidade nos rankings de busca internacionais. O crescimento da análise de dados tem elevado a demanda por programadores em R.

Aprenda programação on-line

Para Ali Partovi, co-fundador da Code.org, uma organização sem fins lucrativos que busca inserir a Ciência da Computação nas grades educativas, a programação é o futuro e deveria ser ensinada nas escolas.


Em entrevista ao El País, Partovi afirma que aprender sobre programação é tão fundamental quanto qualquer outra matéria. “[Os estudantes] usam mais o seu celular do que o seu sistema digestivo hoje em dia, eles merecem saber como ambos funcionam. É preciso saber como funcionam as máquinas que nos rodeiam”, exemplifica.


Além disso, é bom lembrar que a programação é uma área que desfruta de muito sucesso e que certamente continuará ganhando prestígio e se destacando como uma das “profissões do futuro”. Portanto, se você está diante da escolha da sua profissão ou de uma mudança de carreira, vale a pena considerar a programação como uma opção.


E é possível começar a aprender sobre ela hoje mesmo, com cursos on-line. Além do site code.org, onde você pode aprender gratuitamente sobre Ciência da Computação desde o seu nível mais básico, há muitas outras possibilidades de aprendizado na área. Confira algumas delas:

Code Avengers

O Code Avengers é um portal que permite aprender sobre as linguagens Python e JavaScript, além de ensinar a desenvolver aplicativos, sites e jogos, usando JavaScript, CSS e HTML. É indicado para crianças e adolescentes (modo "Junior"), bem como adultos (modo "Pro").

Code Combat

O principal objetivo do Code Combat é ensinar programação para as crianças por meio de um jogo. A ideia é que o entretenimento e o aprendizado caminhem simultaneamente, fazendo com que a pessoa sinta-se motivada a aprender, já que os movimentos do game só funcionam com base na aplicação de códigos específicos.

Codeacademy

O portal Codeacademy oferece uma grande variedade de cursos, que incluem diversas linguagens de programação. O usuário pode acessar cursos básicos gratuitamente ou assinar a versão "Pro" para desfrutar de conteúdos e projetos exclusivos.

EdX

O edX oferece cursos on-line nas mais variadas áreas; Ciência da Computação é uma delas. Por meio da plataforma, é possível ter acesso a cursos de algumas das universidades e empresas mais conceituadas do mundo, como Harvard, MIT e Microsoft. As aulas são gratuitas, contudo, é preciso pagar para obter um certificado de conclusão.

Scratch

Focado no público jovem, de 8 a 16 anos, o site Scratch é uma iniciativa do Lifelong Kindergarten do Media Lab do MIT. Com ele, você aprende sobre programação e pode criar animações e jogos, além de poder compartilhá-los na rede, incentivando a criação de um conteúdo colaborativo. O Scratch é usado em mais de 150 países e está disponível em mais de 40 idiomas, gratuitamente.

Ensinando programação para crianças com brinquedos físicos

O Project Blocks, um projeto inovador da Google desenvolvido em parceria com Paulo Blikstein, da Universidade de Stanford, e a IDEO, pode influenciar o futuro da educação para crianças no campo da programação.


O Project Blocks foi um projeto de pesquisa concluído em 2018 que se destinou a oferecer uma experiência física de programação para crianças, já que os pequenos aprendem com mais facilidade quando submetidos a situações de interação e brincadeira, nas quais a construção com objetos e o tato são muito importantes.


Com o objetivo de ensinar conceitos de programação para crianças e fornecer a elas uma nova linguagem de expressão criativa, o projeto criou o Coding Kit, um dispositivo de demonstração que permite que as crianças aprendam sobre programação juntando blocos de código para criar diferentes tipos de instruções. Assim, são capazes de realizar diversas tarefas, como controlar um robô que desenha, um tablet e até um dispositivo que reproduz música.


Gostou de aprender sobre linguagem de programação? Ficou interessado(a) em fazer uma graduação na área? Então leia mais sobre Ciência da Computação e Engenharia da Computação.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.