text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como montar um perfil profissional

      
O perfil profissional é o cartão de visitas do candidato.
O perfil profissional é o cartão de visitas do candidato.  |  Fonte: iStock

Como os profissionais de RH lidam com muitos currículos o tempo inteiro, a parte correspondente ao perfil profissional acaba por se tornar o componente mais importante de um currículo bem elaborado. É lá que o candidato resumirá a sua trajetória profissional, mas de um modo atrativo para os recrutadores.


ELABORANDO UM PERFIL PROFISSIONAL


Existem algumas regras do que se deve colocar e o que não se deve colocar em um perfil profissional. De uma forma geral, o perfil profissional deve ser curto e conter em resumo a sua formação, experiência, habilidades e expectativas.


Ver https://noticias.universia.com.br/emprego/noticia/2018/12/05/1163085/3-exemplos-elaborar-perfil-profissional.html


Evidentemente, deve sempre se levar em conta o cargo ao qual se concorre e o próprio perfil da empresa. Mas aqui reside o perigo! Quando o candidato procura adaptar o seu perfil profissional ao de empresa que concorre de forma excessiva, corre o risco de cometer inverdades. É o mesmo risco que se corre em uma entrevista de emprego. 


Deve-se sempre prezar pela verdade e pela objetividade. Evitar palavras clichês e chavões é essencial para que o candidato consiga se destacar da maioria que também concorre à mesma vaga.


O desafio está em se evitar os exageros na própria descrição pessoal e das conquistas profissionais e ao mesmo tempo chamar a atenção dos recrutadores. Neste sentido, é essencial que o candidato conheça bem a si próprio antes de começar a escrever. 


Conhecendo bem as próprias habilidades e conquistas profissionais, podemos então começar a elaborar um perfil profissional sucinto que ressalte as mesmas, e ao mesmo tempo não é repetitivo ou enfadonho.


Uma boa estratégia para escrever um texto ágil e sucinto é relacionar as habilidades profissionais e pessoais, como quando alguém destaca a sua experiência com ferramentas tecnológicas e relaciona com a busca pessoal constante pelo conhecimento e aperfeiçoamento. 


Evite ao máximo qualquer mentira ou exagero, porque depois isto pode ser posto à prova em uma entrevista ou no próprio trabalho. 


A IMPORTÂNCIA DE SER SENSATO


A sensatez deve ser a regra de ouro na elaboração do perfil profissional. Certamente, aqueles que possuem experiência profissional possuem relatos de conquistas para colocar no currículo, são esses pontos que devem estar presentes no perfil profissional. 


Escreva somente o que pode ser comprovado, pois os recrutadores podem requerer contatos dos últimos empregadores para confirmarem as informações. E não esqueça de sempre buscar o aprimoramento profissional através de cursos e formações.


Sempre coloque no perfil profissional a sua formação atual para que o empregador saiba o que pode esperar de você, e sempre de forma clara e sucinta.


O candidato a vaga de emprego que seguir estas regras básicas, certamente estará com vantagem em relação aos outros candidatos que exageram a respeito de si mesmos e abusam dos clichês e frases de efeito.




Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.