text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Comissão Europeia oferece bolsas para mestrado em Direitos Humanos

      
<p>A <strong>Comissão Europeia</strong> oferece bolsas para o curso de mestrado em Direitos Humanos <strong>Erasmus Mundus Human Rights Policy and Practice</strong> (Políticas e Práticas de Direitos Humanos). O curso tem duração de 2 anos, e é ensinado no Reino Unido (<strong>University of Roehampton</strong>), Suécia (<strong>Göteborgs Universitet</strong>) e Espanha (<strong>Universidad de Deusto</strong>). A proposta do programa é proporcionar um entendimento amplo dos direitos humanos permitindo ampla interação com pesquisadores e atuantes na justiça social. Inscrições vão até o dia 5 de dezembro.</p><p><span style=color: #333333;><strong>Leia também:</strong></span><br/><a href=https://noticias.universia.com.br/tag/notícias-sobre-bolsas-de-estudo/ title=Bolsas de estudo>» <strong>Todas as notícias sobre bolsas de estudo</strong></a><br/><a href=https://noticias.universia.com.br/cultura/noticia/2016/04/13/1138234/5-filmes-inspiradores-jovens.html title=5 filmes inspiradores para jovens>» <strong>5 filmes inspiradores para jovens</strong></a></p><p>Existem duas modalidades de bolsas de estudo:</p><p><strong>A Categoria A</strong> é voltada para estudantes que são originários de países fora da União Europeia e que nos últimos cinco anos não tenham exercido atividades no continente por mais de 12 meses. Nessa modalidade o benefício é de 9 mil euros, e deve cobrir todos os gastos de viagem, acomodação, e custos de vida. Não será necessário pagar nada às Universidades.</p><p><strong>A Categoria B</strong> é voltada para estudantes com cidadania de algum país da União Europeia, ou que tenham trabalhado ou estudado no continente por mais de 12 meses nos últimos 5 anos. Nessa modalidade o benefício é de 500 euros, que devem contribuir para o pagamento de viagens, moradia e custos de vida. Não será necessário pagar nada às Universidades.</p><p>Não é necessário o preenchimento de nenhum formulário extra, candidatos a ingressar na universidade concorrem automaticamente às bolsas a partir do momento que indicam no <a href=https://www.roehampton.ac.uk/Erasmus-Mundus/Erasmus-Mundus-(HRPP)-Applications/ title=formulário de inscrição target=_blank>formulário de inscrição</a> que desejam receber o benefício. Para se candidatar ao programa é necessário apresentar teste de proficiência em inglês (ou se matricular em um curso de inglês oferecido pela universidade inglesa).</p><p>Para mais informações confira o <a href=https://www.roehampton.ac.uk/postgraduate-courses/Erasmus-Mundus-Human-Rights-Policy-and-Practice/ title=Edital da Bolsa target=_blank>Edital da Bolsa</a>.</p>
Fonte: Shutterstock

A Comissão Europeia oferece bolsas para o curso de mestrado em Direitos Humanos Erasmus Mundus Human Rights Policy and Practice (Políticas e Práticas de Direitos Humanos). O curso tem duração de 2 anos, e é ensinado no Reino Unido (University of Roehampton), Suécia (Göteborgs Universitet) e Espanha (Universidad de Deusto). A proposta do programa é proporcionar um entendimento amplo dos direitos humanos permitindo ampla interação com pesquisadores e atuantes na justiça social. Inscrições vão até o dia 5 de dezembro.

Leia também:
» Todas as notícias sobre bolsas de estudo
» 5 filmes inspiradores para jovens

Existem duas modalidades de bolsas de estudo:

A Categoria A é voltada para estudantes que são originários de países fora da União Europeia e que nos últimos cinco anos não tenham exercido atividades no continente por mais de 12 meses. Nessa modalidade o benefício é de 9 mil euros, e deve cobrir todos os gastos de viagem, acomodação, e custos de vida. Não será necessário pagar nada às Universidades.

A Categoria B é voltada para estudantes com cidadania de algum país da União Europeia, ou que tenham trabalhado ou estudado no continente por mais de 12 meses nos últimos 5 anos. Nessa modalidade o benefício é de 500 euros, que devem contribuir para o pagamento de viagens, moradia e custos de vida. Não será necessário pagar nada às Universidades.

Não é necessário o preenchimento de nenhum formulário extra, candidatos a ingressar na universidade concorrem automaticamente às bolsas a partir do momento que indicam no formulário de inscrição que desejam receber o benefício. Para se candidatar ao programa é necessário apresentar teste de proficiência em inglês (ou se matricular em um curso de inglês oferecido pela universidade inglesa).

Para mais informações confira o Edital da Bolsa.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.