text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Brexit Brasil: o que brasileiros no Reino Unido devem fazer?

      
O Brexit afetará principalmente a vida dos cidadãos europeus que vivem no Reino Unido e dos britânicos que residem na UE. Mas não só.
O Brexit afetará principalmente a vida dos cidadãos europeus que vivem no Reino Unido e dos britânicos que residem na UE. Mas não só.  |  Fonte: iStock

Em 2016, num referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia, os eleitores da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte votaram a favor do Brexit, ou seja, da saída do Reino Unido da UE.


Ao contrário do que alguns pensam, essa decisão não afetou apenas o Reino Unido e os países da União Europeia, mas o mundo todo. Não apenas porque terá consequências econômicas e políticas, mas porque impactará a curto prazo a vida de milhões de pessoas, das mais diversas nacionalidades.


De acordo com estatísticas oficiais do Reino Unido, cerca de 87 mil brasileiros estariam vivendo na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte em 2018. O Itamaraty estima um número ainda maior: 120 mil. Assim, o Brexit e o Brasil, geograficamente tão distantes, acabam se aproximando.


Quer entender melhor como o Brexit afetará os brasileiros que estudam, fazem estágio ou trabalham no Reino Unido? Você é um(a) brasileiro(a) em território britânico e quer saber como deve agir no cenário atual? Continue acompanhando este artigo e confira as informações essenciais sobre o assunto.

Quando acontecerá o Brexit?

Embora o referendo do Brexit tenha acontecido em 2016, e o fim de 2019 se aproxime sem qualquer conclusão para a saída da UE, tudo indica que o final desse longo processo esteja próximo. Atualmente, ele tem uma nova data oficial: 31 de janeiro de 2020. A saída da União Europeia deveria acontecer em outubro de 2019, porém, um acordo entre a UE e o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, adiou o evento.

Brexit Brasil: como brasileiros no Reino Unido serão afetados

A situação dos brasileiros no Reino Unido depende de um fator essencial: a dupla cidadania. Brasileiros que possuem cidadania europeia, o que é muito comum especialmente entre descendentes de portugueses e italianos, terão mais complicações pela frente do que os que têm apenas o passaporte brasileiro e já residem legalmente no Reino Unido.

Brexit e brasileiros com cidadania europeia

Brasileiros com cidadania europeia (exceto cidadania britânica, claro) e que vivem no Reino Unido como cidadãos europeus serão afetados pelo Brexit da mesma forma que portugueses, italianos, franceses, etc. Após a saída do Reino Unido da UE:


  • Cidadãos europeus passarão a precisar de autorização de residência.

  • Sem ela, a sua situação no país poderá ser considerada irregular e implicar em deportação.

  • É imprescindível, portanto, que os cidadãos europeus que estejam vivendo no Reino Unido até a data da saída da UE solicitem o estatuto de residente permanente (settled status) ou provisório (pre-settled status).

  • A data limite para fazer o pedido será 30 de junho de 2021 – ou 31 de dezembro de 2020, se o Reino Unido sair da UE sem acordo.

  • Além disso, é possível, em determinados casos, solicitar a nacionalidade britânica.

Brexit e brasileiros sem cidadania europeia

Brasileiros que não possuem cidadania europeia já precisavam de visto e permissão de residência antes mesmo do Brexit. Portanto, a saída da União Europeia pouco deve afetar os cidadãos do Brasil que vivem legalmente em território britânico.


Os brasileiros que vão ao Reino Unido para estudar podem permanecer no país por até seis meses sem visto. Já aqueles que pretendem ficar estudando por mais de seis meses ou que queiram trabalhar por qualquer período de tempo, necessitam adquirir o visto mais adequado à sua condição de residência.


A maior mudança observada pelos brasileiros será para viajar entre o Reino Unido e os países da UE, já que esse trânsito se tornará mais complicado e lento, enquanto o controle de estrangeiros pelas fronteiras dentro da Europa será mais mais rigoroso.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.