text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Mais de 10 mil estudantes brasileiros devem estudar no Reino Unido por meio do Ciência sem Fronteiras

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Até 2015 mais de 10 mil estudantes universitários e pós-universitários serão beneficiados com bolsas do programa Ciência sem Fronteiras, do governo federal, para estudar no Reino Unido. Até agora o programa já concedeu mais de 840 bolsas de graduação-sanduíche e pós-graduação no país.

 

» Ciência Sem Fronteiras não renova bolsas de estudo
» Ciência sem Fronteiras pretende abrir 5 mil vagas para estudantes brasileiros na China
» Multinacionais abrem vagas de estágio para bolsistas do Ciência sem Fronteiras

 

Acordos já firmados entre o governo brasileiro e a Universities UK, entidade que representa universidades do Reino Unido, preveem a distribuição de 6 mil bolsas para graduação-sanduíche, 3 mil para doutorado-sanduíche e mil para doutorado pleno.

 

O contato com as universidades inglesas, bem como o fluxo de estudantes bolsistas para universidades do Reino Unido, vem sendo restabelecido nos últimos quatro anos, por meio de parcerias para formação de recursos humanos em grandes universidades, como Cambridge, Oxford, Dundee, Institute of Education e Nottingham. Além disso estão sendo desenvolvidos projetos de pesquisa conjuntos entre universidades inglesas, nas áreas de engenharia da produção, ecologia teórica e ciências da computação.

 

 

Sobre o Ciência sem Fronteiras

O programa busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileiras por meio do intercâmbio e da modalidade internacional. A iniciativa é uma parceria entre os ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio de suas respectivas instituições de fomento: a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e o CNPq (Conselho Nacional de Pesquisas e Desenvolvimento Tecnológico).

 

A meta do programa é oferecer 101 mil bolsas de graduação e pós-graduação até 2015, sendo 75 mil bancadas pelo próprio governo federal e as restantes sendo fruto de parcerias com a iniciativa privada. A previsão para 2012 é de 20 mil bolsas concedidas.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.