text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Unesp Rio Claro promove encontro entre Fundunesp e a Fundação Roberto Marinho

      
A Unesp de Rio Claro sediou, no final de julho, um encontro com os membros do projeto "Viva Educação", um evento realizado em parceria pela Fundunesp e a Fundação Roberto Marinho. Segundo a coordenadora, Thereza Penna Firme, educadora e psicóloga, este projeto consiste na aplicação de uma metodologia de avaliação com referência ao Programa Telecurso 2000, visando à obtenção de dados confiáveis e qualificados para a sua interpretação.

"Neste sentido, a participação de membros universitários no processo avaliativo oportuniza a formação de uma equipe de valor profissional, uma vez que a obtenção destes dados promoverá resultados reais, que darão subsídios para provocar mudanças, visando o aperfeiçoamento do Programa Telecurso 2000 e a tomada de decisões estratégicas", afirma Thereza.

Participam deste projeto docentes e alunos da pós-graduação de diferentes áreas do saber científico pertencentes aos Campus da Unesp de Marília, Assis, Guaratinguetá, Araraquara, Bauru e Rio Claro.

Segundo Jânio Itiro Akamatsu, coordenador do grupo de avaliação da Fundunesp, esta equipe da Unesp, munida de questionários aplicativos, realizou uma avaliação de corpo presente em todo o Estado do Maranhão, percorrendo 80 cidades, nas quais foram visitadas 150 telessalas do Programa Telecurso 2000. "Atualmente este programa atinge cerca de 100 mil alunos maranhenses", acrescenta Akamatsu.

Durante todo o encontro, os membros da Fundação Roberto Marinho e a equipe da Professora Thereza estiveram atentos para ouvir os relatórios dos avaliadores. Durante os seus depoimentos, eles também apresentaram suas percepções individuais frente às instalações visitadas e ao impacto que este programa provoca nas pessoas envolvidas, com base na realidade vivenciada nas telessalas e nos depoimentos de alunos e professores.

Segundo Vilma Guimarães, gerente geral de educação e implementação da Fundação Roberto Marinho, "a avaliação é uma atividade fundamental e sistemática presente nos projetos da Fundação. Uma avaliação externa, com parceria com a Unesp agrega um valor de qualidade enriquecendo nosso trabalho. Para a fundação este é um fator de ganho".

Para o Prof. Dr. Jorge Roberto Pimentel, do Departamento de Física do Instituto de Geociências e Ciência Exatas de Rio Claro, "esse processo serviu para consolidar a Unesp e seus docentes como uma Universidade que trabalha de maneira altamente confiável e competente e, certamente, abrirá caminho para novos trabalhos em parceria com a Fundação Roberto Marinho sejam desenvolvidos".

Fonte: UNESP
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.