text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

ECA-RP executa peça inédita do delator de Tiradentes

      
Às 21 horas dessa sexta-feira (14), a Orquestra de Câmara e o Coral do departamento de música da Escola de Comunicações e Artes de Ribeirão Preto (ECA-RP) da USP, executam pela primeira vez a peça "Sexta-Feira Santa Maior de Manhã". Seu autor, Florêncio José Ferreira Coutinho (1749-1819), é conhecido como delator de Tiradentes, o maior herói da Inconfidência Mineira.

"Apesar de sua condição de delator, sua partitura revela um brilhante talento musical por alcançar uma qualidade artística comparável aos dos melhores compositores coloniais do Brasil, como Faustino Xavier do Prado, Manuel Dias de Oliveira e Lobo Mesquita", relata Rubens Ricciardi, regente do Concerto e coordenador da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP de Ribeirão Preto.

O manuscrito da peça foi encontrado em 1984, por Ricciardi, em Itajubá (MG), e hoje faz parte do Acervo de Manuscritos Musicais da Biblioteca da ECA, no campus de São Paulo. Outro pesquisador e professor da Escola, Regis Duprat, também está desenvolvendo um trabalho em parceria com o Museu da Inconfidência de Ouro Preto sobre as outras três obras - também inéditas- de Ferreira Coutinho.

O Concerto de Repertório do Período Colonial Brasileiro, escolhido para o evento, reúne raridades e refletem a intensa pesquisa produzida pelos pesquisadores. "São preciosidades que devem ser trazidas à luz e ter seu valor reconhecido como patrimônio cultural e histórico", completa o Ricciardi.

No dia 14, além da peça de Ferreira Coutinho, serão interpretadas as obras a "Ladainha de Nossa Senhora", de Faustino Xavier do Prado. Esta produção musical, também descoberta pelos docentes da ECA-RP, é conhecida como a mais antiga do Brasil e composta na década de 1730, em Mogi das Cruzes.

Outras composições barrocas serão interpretadas, com destaque para a "Cantata nº 51", de Johan Sebastian Bach, cujo valor universal influenciou os músicos brasileiros. A obra de Bach contará a participação especial de Rosana Lamosa, soprano solista especialmente convidada para o evento.

O concerto, que ocorre na Sala de Concertos da Tulha do Campus USP-RP, é gratuito e aberto a todos amantes da boa música e história do País.

Fonte: USP

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.