text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Médicos promovem congresso com maiores especialistas em doença renal

      
Atualidades da nefrologia serão debatidas em Salvador na próxima semana
São Paulo, 10 de setembro de 2004 - Transplante, qualidade da diálise no Brasil, doença renal na infância, complicações cardíacas, calcificação das coronárias, diabetes e prevenção a doença renal crônica são alguns dos temas que serão discutidos no XXII Congresso Brasileiro de Nefrologia e XII Congresso de Enfermagem em Nefrologia que a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) promove, entre 18 e 22 de setembro, no Centro de Convenções em Salvador. A SBN estima que existam no país cerca de 1 milhão de doentes renais mas, cerca de 70% deles, não sabem que estão doentes.

Um dos principais temas da programação deste ano será as conseqüências da calcificação vascular nos renais crônicos. O assunto será apresentado pelo médico argentino Eduardo Slatopolsky, da Washington University School of Medicine de St. Louis, Missouri. Ele trabalha também no departamento de doença renal do Barnes-Jewish Hospital em St. Louis.

Slatopolsky mora há cerca de 30 anos nos Estados Unidos e é um dos especialistas mais conceituados na área de calcificação de veias e artérias.

O tema calcificação vascular será apresentado também pela Dra Vanda Jorgetti da USP e por Dr Aluizio Barbosa de Carvalho da UNIFESP.

Slatopolsky alerta que as complicações cardíacas são a principal causa de morte entre os portadores de insuficiência renal crônica. Segundo ele, cerca de 50% das mortes entre doentes renais é provocado por complicações cardíacas. Segundo a SBN aproximadamente 15 mil morrem no Brasil por ano por causa da insuficiência renal crônica.

Slatopolsky falará sobre o uso do Sevelamer (Leia texto abaixo) diminui a progressão da calcificação dos vasos - distúrbio que provoca as mortes cardiovasculares.

Outro convidado internacional é o médico francês Jean Pierre Grunfeld que fará palestra sobre "Doença de Fabry". Esta é uma doença genética que se não for tratada leva o paciente à falência renal. No total vão participar 141 palestrantes, sendo 16 deles estrangeiros vindos de países como Estados Unidos, Itália, Holanda, Canadá, Bélgica e México. Grunfeld é professor titular e chefe do serviço de nefrologia do Hospital Mecker da Universidade de Paris.

O presidente do congresso é o nefrologista Reinaldo Martinelli do Hospital das Clínicas de Salvador. A previsão é que cerca de 1300 pessoas participem do evento.

Sevelamer - Princípio ativo do Renagel®, ele atua como redutor do fósforo no organismo do paciente renal. O sevelamer é um quelante não absorvível isento de cálcio e alumínio. Pela sua formulação, o remédio evita a sobrecarga de cálcio no organismo, diminuindo a progressão das calcificações. O acúmulo do cálcio nas partes do corpo que não são ósseas é a principal causa de infarto e AVC entre pacientes renais crônicos. O sevelamer é produzido pelo laboratório Genzyme do Brasil na forma de 800 mg.

Serviços: XXII Congresso Brasileiro de Nefrologia
Data: 18 a 22 de setembro
Local: Centro de Convenções da Bahia - Jardim Armação, sem número, Boca do Rio
Inscrições: dia 18 de setembro na secretaria do evento a partir da 7:30

Fonte: Máquina da Notícia
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.