text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Docentes da Unesp/Assis organizam livro

      
Max Weber (1864-1920) e Norbert Elias (1897-1990) produziram importantes reflexões sobre a cultura ocidental, em especial nas questões sobre religião e sobre o uso do monopólio legítimo da força física. A confluência de idéias desses dois grandes pensadores, formados pela tradição sociológica e filosófica germânica, na transição do século XIX para o XX, está presente em Introdução à Sociologia da Cultura: Max Weber e Norbert Elias (Editora Avercamp), uma coletânea de ensaios sobre importantes temas da sociologia contemporânea, em especial da sociologia da cultura.

Organizada por Alonso Bezerra de Carvalho e Carlos da Fonseca Brandão, docentes do departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Letras (FCL), da Unesp, campus de Assis, a obra aborda o processo de formação da civilização ocidental que se manifesta nas condutas do homem moderno e também da cultura moderna, onde ocorrem profundas transformações nas formas de pensar, agir e se comunicar da humanidade.

A obra traz diversos ensaios que exploram a temática. Entre esses ensaios, estão Weber e o Racionalismo Ocidental, por Renarde Freire Nobre; Burocracia e Educação Moderna: Uma Leitura a partir de Max Weber, por Alonso Bezerra de Carvalho; O Controle das Emoções, o Medo e a Violência, por Carlos da Fonseca Brandão; e Em Torno da Questão Cultural e da Educação: Jogo e Esporte: Manifestações Histórico-Culturais no Modelo de Análise Sociológica de Norbert Elias, por Wanderley Marchi Júnior.

Serviço: Introdução à Sociologia da Cultura: Max Weber e Norbert Elias. Org. Alonso Bezerra de Carvalho e Carlos da Fonseca Brandão. 172 páginas, Avercamp, 2005.

Fonte: Unesp/ FCL/Assis

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.