text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Coral Unisinos na Igreja São José

      
Integrando a Série Clássicos São José de Música , o Coral Unisinos vai apresentar espetáculo com entrada franca neste domingo , 27/11, às 18 horas , na Igreja São José, em Porto Alegre.

Ao apresentar este espetáculo que estreou no projeto Sempre às Terças da Unisinos em outubro, o Coral Unisinos busca mostrar que um grupo coral pode cantar vários gêneros e estilos, seja música popular ou clássica, original para coro ou arranjada; e que um coral pode ter a mesma mobilidade que qualquer outro grupo em cena.

Vozes reunidas em coro têm possibilidades quase infinitas para expressar sentimentos, emoções, vibrações, com força e alcance poderosos, afirma o mãstro João Paulo Sefrin , diretor musical do espetáculo.

Com preparação vocal de Lúcia Passos e direção de palco de Deborah Finocchiaro , entre as músicas do roteiro estão: Alguém Cantando ( Cãtano Veloso ), Voa Bicho (Milton Nascimento ) Minha Namorada ( Vinícius de Morãs e Carlos Lyra) , O Cantador ( Nelson Motta e Dori Caymmi) , 3 Epitafios -em homenagem aos 400 anos da primeira edição de Dom Quixote, de Cervantes- (Rodolfo Halffter) Pampa de Luz ( Pery Souza e Luis de Miranda ), Desgarrados ( Sérgio Napp e Mário Bárbara) e Veterano (Ewerton e Antônio Ferreira).

A trajetória do Coral Unisinos Regido por João Paulo Sefrin, com preparação vocal de Lúcia Passos, o Coral unisinos conta atualmente com 45 integrantes. Com dois discos gravados, o Coral Unisinos, ao longo dos anos, passou a ser um núcleo gerador de outras vertentes culturais da universidade, buscando uma maior aproximação e envolvimento com a comunidade. Com 39 anos de atividades ininterruptas, o Coral Unisinos vem desenvolvendo um trabalho de alta qualidade artística, voltado aos estudantes e à comunidade em geral, interpretando um repertório que vai do erudito ao popular e, sobretudo, unindo pessoas através da música.

É um grupo de perfil universitário, voltado aos alunos, professores e funcionários da universidade, mas também aberto a pessoas da comunidade em geral que se identificam com o canto coral. Entre as suas propostas está a realização de um repertório a capella, em especial de música brasileira.

Ao longo do tempo, vários regentes contribuíram para o desenvolvimento do coro. Mas foi a partir de 1980, com a chegada do mãstro José Pedro Boéssio e da preparadora vocal, a soprano Lúcia Passos, que o Coral Unisinos se destacou no cenário da música coral brasileira, vencendo por duas vezes o Concurso Jornal do Brasil e tornando-se uma referência em todo o país.

Um pouco do trabalho realizado pelo coral ao longo destes anos está registrado em dois CDs: o CD Coral Unisinos, lançado em 1994, no aniversário de 25 anos da universidade, com gravações realizadas entre 1983 e 1993 e o CD Belo Belo , lançado em 2000, exclusivamente com música brasileira.

Criado no dia 21 de junho de 1966 pelo Diretório Acadêmico Balduíno Rambo da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, atual Unisinos, o trabalho desenvolvido pelo Coral Unisinos se expandiu e foi gerador de outras atividades musicais na universidade. Com o passar do tempo surgiram outros grupos corais que consolidaram o Movimento Coral Unisinos, que hoje reúne 6 coros e aproximadamente 180 cantores, além da Orquestra Unisinos, Projeto Sinos Acorda e Projeto Seis e Meia.

Fonte: Unisinos

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.