text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Projeto pode modernizar trabalho nas academias

      
Estudantes de Ciências da Computação da Unisul de Tubarão desenvolveram um protótipo computadorizado para prescrever exercícios físicos de forma individualizada aos praticantes. A idéia foi apresentada no Trabalho de Conclusão do Curso.

Os profissionais da informática, trabalham para solucionar problemas das diversas áreas. Uma prova disso foi o protótipo computadorizado, desenvolvido pelos acadêmicos de Ciência da Computação da Unisul de Tubarão, Willian Pandini Corrêa e Paulo Eduardo Battistella, para prescrever exercícios físicos de forma individualizada aos praticantes.

A idéia foi apresentada no TCC - Trabalho de Conclusão do Curso - defendido esta semana. O protótipo foi desenvolvido para evitar lesões, possibilitar melhoria no processo de avaliação e acompanhamento dos praticantes, diminuir os riscos decorrentes da prática indevida de exercícios físicos e a criar uma ferramenta de apoio ao ensino e aos instrutores de academias.

O projeto recebeu o nome de Módulo de avaliação e acompanhamento físico utilizando técnicas de sistema especialista, e também já possui um nome comercial. Assim que for para o mercado será conhecido como Expert Physical Training.

O protótipo foi desenvolvido pelos acadêmicos, com orientações do professor Max Roberto Pereira e colaboração do curso de Educação Física e do professor, Hudson Mafra Júnior.

Foi um processo de desenvolvimento bem interessante, porque nos da área tecnológica acabamos tendo que mergulhar e entender a área da educação física, para conseguir alcançar o sucesso na conclusão deste protótipo - afirmou Willian.

O coordenador do curso de Educação Física da Unisul de Tubarão, Moacir Junckaus, assistiu a defesa do trabalho e convidou os acadêmicos para continuar testando a ferramenta na academia de ginástica que será instalada.

Esta ferramenta veio para que o instrutor possa avaliar melhor a condição física do aluno, ela não substitui o profissional, vai auxiliar na prescrição de exercícios - afirmou Moacir.

O projeto que foi desenvolvido durante um ano e meio, vai continuar sendo trabalhado pelos acadêmicos na incubadora da Unisul. Em outra parte do processo, será interligado com o módulo de monitoramento automatizado de exercício e logo após esta etapa, será lançado no mercado.

Os acadêmicos Willian Pandini Corrêa e Paulo Eduardo Battistella, se formam em Ciências da Computação da Unisul, no dia 11 de fevereiro do próximo ano.

Fonte: Unisul

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.